Menu
Busca sexta, 03 de julho de 2020
ALMS
Geral

Atleta diz que não respeitou quarentena e tem medo de perder os pais para Covid-19

A família se uniu para comemorar um aniversário e todos foram diagnosticados com a doença

04 junho 2020 - 08h03Por Dany Nascimento

Uma atleta de 31 anos assumiu que não respeitou as orientações da Organização Mundial da Saúde, durante a pandemia do novo coronavírus e agora, sente medo ao ver os familiares doentes.

De acordo com o G1, Rafaela Oliveira, de Bertioga, no litoral paulista, publicou que sentiu medo de perder o pai e a mãe, que testaram positivo, e até pensou que não pegaria o vírus, já que  é corredora.

Segundo a atleta, o pai foi o primeiro a manifestar os sintomas da doença, no último dia 19, quando a família deu uma festa de aniversário para um dos irmãos de Rafaela. Ela relata que no dia da festa, além dos pais, os irmãos também participaram da comemoração, junto com os respectivos companheiros e filhos.

“Minha família é muito grande, somos em cinco irmãos. Na casa da minha mãe, a gente não respeitou a quarentena. Eu não respeitei. Achávamos que nunca ia acontecer”, afirma.

No dia seguinte, a mãe também manifestou sintomas, seguido de Rafaela. Os três foram para Santos, junto com o marido da corredora e a irmã mais nova para fazer o teste da doença. Após cinco dias veio a confirmação: os cinco estavam com o vírus.

 

Leia Também

Médico preso por esfregar pênis em garota no Stª Mônica já atacou jovem no Coophavilla
Cidade Morena
Médico preso por esfregar pênis em garota no Stª Mônica já atacou jovem no Coophavilla
Apesar do decreto de Bolsonaro, uso de máscara ainda é obrigatório em igrejas e comércio da Capital
Cidade Morena
Apesar do decreto de Bolsonaro, uso de máscara ainda é obrigatório em igrejas e comércio da Capital
Com mala de drogas, mulher é detida durante viagem na MS-164
Polícia
Com mala de drogas, mulher é detida durante viagem na MS-164
Bolsonaro aguarda que Senado aprove CNH por dez anos
Política
Bolsonaro aguarda que Senado aprove CNH por dez anos