Menu
quarta, 28 de outubro de 2020
Geral

Audiência pública realizada nesta quinta na Câmara vai debater a Paz no Campo

Conflitos indígenas

04 dezembro 2013 - 20h47Por Aline Oliveira

Na próxima quinta-feira (5), produtores rurais, entidades de classe e parlamentares participarão de uma audiência pública, realizada a partir das 14h, na Câmara Municipal e que irá debater o tema "Paz no Campo". O debate acontece em momento de tensionamento entre os grupos envolvidos, produtores rurais e movimentos indígenas já que a última decisão judicial do Estado, foi a suspensão do leilão da resistência, promovido pelos produtores e entidades representativas do setor.


A propositora do encontro é a vereadora Juliana Zorzo (PSC) que observou a necessidade de refletir sobre os problemas enfrentados pelos dois grupos e propor uma política de trabalho que promova a igualdade de decisões. "É importante chamar a responsabilidade da soberania nacional para resolver a situação, sendo fundamental a participação de fazendeiros, índios e todos os envolvidos. Acredito que precisamos promover uma discussão ordeira e produtiva, exercendo a democracia. Somente depois deste encontro poderemos dar encaminhamento aos questionamentos e solicitações dos envolvidos", analisou.


Confirmaram presença na audiência, entidades ligadas aos produtores rurais e as causas indígenas, além de membros do Judiciário, Ministério Público e Advocacia Geral da União. Também estão confirmadas as participações dos representantes da Acrissul, Famasul, Sindicato Rural de Campo Grande, o Procurador-chefe da União (MS), Iunes Tehfi e os advogados, Newley Amarilla, Gustavo Passarelli, Samia Roges e Jordy Barbieri, presidente da comissão permanente de assuntos indígenas da OAB/MS.

Leia Também

Bêbado: advogado que matou PM no trânsito ganha liberdade em Campo Grande
Cidade Morena
Bêbado: advogado que matou PM no trânsito ganha liberdade em Campo Grande
Mulher esfaqueada ao defender amiga atacada pelo marido segue internada na Santa Casa
Interior
Mulher esfaqueada ao defender amiga atacada pelo marido segue internada na Santa Casa
Chamou pelo nome: usuário de cocaína atira contra morador e vai preso em Coxim
Interior
Chamou pelo nome: usuário de cocaína atira contra morador e vai preso em Coxim
Bolsonaro desiste de decreto que sugeria privatização do SUS
Geral
Bolsonaro desiste de decreto que sugeria privatização do SUS