(67) 99826-0686
Origem - entregas

Audiência pública realizada nesta quinta na Câmara vai debater a Paz no Campo

Conflitos indígenas

4 DEZ 2013
Aline Oliveira
20h47min
Foto: Izaias Medeiros

Na próxima quinta-feira (5), produtores rurais, entidades de classe e parlamentares participarão de uma audiência pública, realizada a partir das 14h, na Câmara Municipal e que irá debater o tema "Paz no Campo". O debate acontece em momento de tensionamento entre os grupos envolvidos, produtores rurais e movimentos indígenas já que a última decisão judicial do Estado, foi a suspensão do leilão da resistência, promovido pelos produtores e entidades representativas do setor.


A propositora do encontro é a vereadora Juliana Zorzo (PSC) que observou a necessidade de refletir sobre os problemas enfrentados pelos dois grupos e propor uma política de trabalho que promova a igualdade de decisões. "É importante chamar a responsabilidade da soberania nacional para resolver a situação, sendo fundamental a participação de fazendeiros, índios e todos os envolvidos. Acredito que precisamos promover uma discussão ordeira e produtiva, exercendo a democracia. Somente depois deste encontro poderemos dar encaminhamento aos questionamentos e solicitações dos envolvidos", analisou.


Confirmaram presença na audiência, entidades ligadas aos produtores rurais e as causas indígenas, além de membros do Judiciário, Ministério Público e Advocacia Geral da União. Também estão confirmadas as participações dos representantes da Acrissul, Famasul, Sindicato Rural de Campo Grande, o Procurador-chefe da União (MS), Iunes Tehfi e os advogados, Newley Amarilla, Gustavo Passarelli, Samia Roges e Jordy Barbieri, presidente da comissão permanente de assuntos indígenas da OAB/MS.

Veja também