Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
GOV FEMINICIDIO
Geral

Bárbarie: mãe que confessou ter matado a bebê de dois anos agora acusa o pai

Pequena foi morta com facadas no peito e no pescoço durante a madrugada

13 fevereiro 2020 - 18h50Por Thiago de Souza

Laryssa Yasmim Pires de Moraes, 21 anos, que durante a madrugada desta quinta-feira (13), confessou ter matado a filha Júlia Félix de Moraes, dois anos e dois meses, a facadas, em Vicente Pires (DF), agora aponta o pai da criança, Giuvan Félix, 26 anos, como o assassino. A fala da mulher ocorreu após depoimento à Polícia Civil do DF.

Conforme o Metrópoles, por volta das 5h, Giuvan disse que foi acordado com golpes de faca dados pela mulher e em seguida passou a gritar que a filha tinha sido assassinada. Ao lado dele, estava a mãe com uma faca nas mãos. A Polícia Militar foi chamada e ao questionar Laryssa, ela teria dito: ''Não sei, não sei. Matei minha filha. Ela deve estar em um lugar melhor''.

Laryssa teria confessado o crime. (Foto: Reprodução Facebook)

A mãe da criança foi presa em flagrante e levada à Polícia Civil. Ao delegado, a mulher disse que o assassino é o pai e só confessou o crime porque estava ''nervosa''.

“Segundo a versão de Laryssa, ela teria acordado de madrugada com os gritos da menina, pois Giuvan teria sido o autor das facadas na filha. O depoimento dela teve contradições, assim como o dele”, destacou o delegado Josué Ribeiro, chefe da 12ª DP.

Ainda conforme a versão apresentada pela mulher na delegacia, após o pai supostamente ter matado Júlia na cozinha, Laryssa se deparou com a cena do crime.

''Depois, Giuvan ligou para polícia e disse que Laryssa teria matado a criança, ainda de acordo com o depoimento dela. Ela diz que, com raiva da situação, pegou outra faca e tentou acertar o pai da menina. A mãe afirma que não chamou a polícia porque estava sentada ao lado da filha tentando conversar com ela. O pai, após ter sido acertado pela peixeira, teria falado: ‘Achei meu álibi’, e depois teria continuado a ligação para a polícia'', ressaltou o investigador.

Leia Também

Brasil atinge 28.834 mortes por Covid-19 e passa a França no número de vítimas
Saúde
Brasil atinge 28.834 mortes por Covid-19 e passa a França no número de vítimas
“Melhor tomar leite do que tomar pinga”, diz Ovando sobre nova polêmica com Bolsonaro
Política
“Melhor tomar leite do que tomar pinga”, diz Ovando sobre nova polêmica com Bolsonaro
Mulher de policial que matou homem negro nos EUA pede divórcio
Geral
Mulher de policial que matou homem negro nos EUA pede divórcio
Corpo achado debaixo de ponte é de indígena desaparecido em Dourados
Interior
Corpo achado debaixo de ponte é de indígena desaparecido em Dourados