Menu
Busca sexta, 03 de julho de 2020
MS DIGITAL - COMPET
Geral

Bilionário: fundador da Wizard deve assumir secretaria do Ministério da Saúde

Jornal diz que ele já fez reuniões com a equipe antes mesmo de ser nomeado

01 junho 2020 - 15h36Por Thiago de Souza

O empresário Carlos Wizard Martins, fundador da rede de escolas de inglês, Wizard, deve assumir a Secretaria da Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos em Saúde, do Ministério da Saúde. 

A informação é do Correio Braziliense. O bilionário Wizard já atua no Conselho de Assuntos Estratégicos do MS, desde 21 de maio. Ele diz ter aceitado a função sem remuneração. 

"Passei quase dois anos em Roraima atuando ao lado do general Eduardo Pazuello, atual ministro da Saúde. Ontem fui nomeado por ele como Conselheiro de Assuntos Estratégicos do Ministério da Saúde. Atuaremos juntos no combate ao covid-19", escreveu Wizard, nas redes sociais. 

No entanto, ainda conforme o jornal apurou nos bastidores do Ministério da Saúde, mesmo antes de Wizard ser nomeado como secretário, ele já realizava reuniões internas com a equipe.

Vazio

A SCTIE está sem titular, desde de 22 de maio, quando o professor titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Antonio Carlos Campos de Carvalho, um dos poucos nomes indicados por Teich, pediu demissão. 

O ministério informou que a SCTIE ‘’é responsável por formular e implementar políticas nacionais de ciência, tecnologia e inovação em saúde, assistência farmacêutica e fomento à pesquisa, desenvolvimento e inovação na área de saúde". 

Leia Também

Médico preso por esfregar pênis em garota no Stª Mônica já atacou jovem no Coophavilla
Cidade Morena
Médico preso por esfregar pênis em garota no Stª Mônica já atacou jovem no Coophavilla
Apesar do decreto de Bolsonaro, uso de máscara ainda é obrigatório em igrejas e comércio da Capital
Cidade Morena
Apesar do decreto de Bolsonaro, uso de máscara ainda é obrigatório em igrejas e comércio da Capital
Com mala de drogas, mulher é detida durante viagem na MS-164
Polícia
Com mala de drogas, mulher é detida durante viagem na MS-164
Bolsonaro aguarda que Senado aprove CNH por dez anos
Política
Bolsonaro aguarda que Senado aprove CNH por dez anos