Menu
quarta, 02 de dezembro de 2020
Geral

Biodiversidade do Pantanal é o maior desafio dos atletas

Pantanal Extremo

23 novembro 2013 - 14h35Por Juliene Katayama

A biodiversidade da região é o maior desafio dos atletas que participam das provas radicais no Pantanal Extremo, neste fim de semana, em Corumbá. Apesar das dificuldades das provas, os participantes são recompensados com natureza. "A visão da natureza compensa todo esforço, cansaço e até o perigo”, dizem os atletas.


De Campo Grande, Maciel Ojeda Morales, de 38 anos, foi um dos que enfrentaram a batalha de descer os 504 degraus distribuídos em mais de mil metros de descida da escadaria do Cristo Rei do Pantanal. Há mais de 15 anos ele pedala e se dedica ao Downhill (DH).


“Comecei na mountain bike. Esse a princípio é só natureza, é um ótimo exercício para a mente e para o corpo e aos poucos comecei a pedalar em locais de difícil acesso, com vários obstáculos e agora, enfrentei o desafio de descer essa escada com essa visão maravilhosa que é o Pantana”, apontou o atleta.

Nesta edição do Pantanal Extremo, a modalidade do Downhill recebeu 12 inscritos, mas apenas 5 fizeram o reconhecimento do local da competição e três competiram na manhã de hoje. O campo-grandense Luis Augusto Faustino foi o campeão na modalidade descendo os 504 degraus no tempo de 01 minuto e 13 segundos. Os outros dois competidores, também da Capital, Maciel Ojeda e Gilmar Elias, fizeram os tempos de  01m20s 01m22s, respectivamente. O primeiro colocado faturou prêmio de R$ 1 mil e uma bicicleta; o segundo R$ 700 e o terceiro colocado ficou com R$ 500.


As provas na água também movimentam Corumbá neste fim de semana. Uma das representantes da terra foi a nadadora e ciclista Mônica Salustiano Luckner. “Me inscrevi para representar nossa cidade. Enfrentar o Rio Paraguai não é fácil, exige muita concentração e técnica, pois, qualquer erro e o atleta pode ser levado pela correnteza. As adversidades são fortes, a natureza é severa, mas, respeitando-a acaba tudo certo. É gratificante poder participar de tudo isso em casa”, enfatizou a atleta.

Work Correa, atleta do Rádio Clube de Campo Grande, foi o principal destaque das duas provas realizadas na manhã deste sábado. Ele conquistou o primeiro lugar nas categorias amador adulto e amador infantil. A prova dos mil metros, na categoria adulto, concluiu o percurso com o tempo de 11’23” e a dos 400 metros infantil, em  4’11”, só que desta vez, terminou empatado com João Vitor Pena, 13 anos, também nadador do Radio Clube da Capital.


Fonte: Diário online

Leia Também

Depois de agredir esposa grávida, homem cai de altura de quatro metros e morre no Oliveira III
Cidade Morena
Depois de agredir esposa grávida, homem cai de altura de quatro metros e morre no Oliveira III
Vídeo: roda dupla de caminhão se solta e 'atropela' mulher em calçada em Amambai
É milagre que chama?
Vídeo: roda dupla de caminhão se solta e 'atropela' mulher em calçada em Amambai
Em meio a afastamento, Wilson Witzel se batiza em igreja evangélica do Rio
Geral
Em meio a afastamento, Wilson Witzel se batiza em igreja evangélica do Rio
Plano do Governo prioriza idosos, presos e indígenas na vacina contra a covid
Geral
Plano do Governo prioriza idosos, presos e indígenas na vacina contra a covid