ALMS CONTAR 25/06 A 27/06
(67) 99826-0686

Bom Senso FC poderá fazer greve para o início da temporada 2014

Melhores Condições

8 DEZ 2013
Schimene Weber
09h47min
Foto: Divulgação Bom Senso FC

As negociações entre os atletas profissionais do futebol do Brasil e a CBF continuam estremecidas. O Bom Senso FC, composto por centenas de clubes de várias divisões do país, divulgou uma nota "ameaçando" fazer uma greve geral no início da temporada de 2014, em forma de protesto ao calendário de jogos.

Como exigência para evitar a paralisação, o grupo coloca a alteração do calendário de 2015, reduzindo o número de jogos das equipes de elite, e aumentando as partidas dos times do interior, além da implantação do Fair Play (elemento essencial do futebol. Representa os benefícios de cumprir as regras, ter bom senso e respeitar jogadores, árbitros, adversários e torcedores).

Nos jogos de ontem (07), no entanto, não houve nenhum tipo de manifesto além dos protestos presentes nas últimas partidas após o apito inicial. 

Confira, abaixo, a íntegra do documento enviado pelo Bom Senso FC, explicando as razões para isso:

"Por respeito ao torcedor, aos clubes e ao futebol o Bom Senso FC não paralisou o Campeonato Brasileiro da Série A na sua reta decisiva e não fará nenhum tipo de manifestação nos jogos deste domingo.

Sabemos da importância dessas partidas e queremos que os atletas estejam focados na busca do melhor resultado para as suas equipes. Porém, o movimento fará nova manifestação nos jogos deste sábado: Flamengo X Cruzeiro e Náutico X Corinthians.

Pela falta de respostas e pelo descaso em garantir melhorias para o futebol brasileiro, é iminente a greve para o início da temporada de 2014, com apoio e respaldo da Fenapaf (Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol).

Para evitar essa ação extrema é necessário que os dirigentes (1) alterem o calendário de 2015, aumentando o número de jogos dos times do interior e reduzindo o número de partidas das equipes da elite, e (2) implantem o Fair Play Fiscal e Trabalhista como proposto pelo Bom Senso F.C em nota oficial no dia 27 de novembro.

Estamos buscando o diálogo insistentemente, mas não há qualquer sinalização por parte da CBF de que mudanças ocorrerão".
 

Veja também