Menu
quinta, 29 de outubro de 2020
Geral

Burocracia deixa funcionários terceirizados pela SAS, sem pagamento

Política

13 fevereiro 2014 - 11h23Por Dirceu Martins

Segundo denúncia recebida pelo Topmídianews, 161 funcionários contratados para programa desenvolvido pela Secretaria de Assistência Social de Campo Grande em parceria com o governo Federal estão sem o recebimento do salário que deveria ser depositado em suas contas no início do mês. Ainda segundo a denúncia, "o RH diz que existe um problema, mas não deram informações mais precisas, e por esse motivo os salários não foram pagos e não existe previsão para o pagamento".

As informações prestadas por servidores indica que houve problemas orçamentários e os recursos federais que deveriam ser repassados para o pagamento dos salários sofreu atraso, mas que o prefeito Alcides Bernal determinou que, por ser um valor pequeno haverá a transferência de recursos da fonte de tesouro para que se efetue o pagamento até sexta-feira (14).

Entramos em contato com a Assessoria de Comunicação da prefeitura, que se comprometeu a enviar informações sobre qual projeto pertencem esses 161 funcionários, a empresa terceirizada a que estão vinculados e se houve um erro da administração de recursos municipais ou se erro na esfera federal, mas não obtivemos resposta até o momento. Não conseguimos contato com a secretária Thais Helena. 

Leia Também

Temporada de caça: quatro pedófilos são presos por crimes na internet
Polícia
Temporada de caça: quatro pedófilos são presos por crimes na internet
Infidelidade partidária? Trutis ‘vira casaca’ e diz que vai votar em Harfouche
Política
Infidelidade partidária? Trutis ‘vira casaca’ e diz que vai votar em Harfouche
Não é cachorro: idosa é autuada por criar cateto no quintal de casa
Polícia
Não é cachorro: idosa é autuada por criar cateto no quintal de casa
Crime que resultou em um baleado “custou” R$ 500 e foi organizado no Facebook
Polícia
Crime que resultou em um baleado “custou” R$ 500 e foi organizado no Facebook