Menu
terça, 24 de novembro de 2020
Geral

Ceni perde pênati no fim, São Paulo e Corinthians travam e ficam no zero

Brasileirão

13 outubro 2013 - 17h00Por Terra

O pênalti decisivo para dar a vitória ao São Paulo sobre o Corinthians no fim, mas Rogério Ceni desperdiçou mais uma vez no Campeonato Brasileiro. O goleiro e capitão são-paulino acertou a trave e o clássico do Morumbi acabou em empate sem gols na tarde deste domingo. O retrato perfeito para um duelo de ataques desfalcados e pouco inspirados.

De um lado, Paolo Guerrero e Alexandre Pato. Do outro, PH Ganso e Luís Fabiano. Com ausências importantes em seus setores ofensivos que já fazem poucos gols no Campeonato Brasileiro, São Paulo e Corinthians travaram.

São-paulinos, no primeiro tempo, e corintianos, no segundo, ainda tiveram boas chances, mas finalizaram muito mal.
Ademílson e Maicon, do lado do time da casa, perderam ocasiões claras em uma etapa inicial marcada por domínio tricolor. Com Diego Macedo no segundo tempo e muita velocidade, o Corinthians assustou, mas Emerson mostrou porque vive péssima fase ao perder duas chances frente a frente com Rogério Ceni.

Tite e Muricy Ramalho, que fizeram treinos fechados na véspera do clássico, não fizeram surpresas muito significativas. A principal novidade ficou por conta do Corinthians, já que Edenílson voltou a jogar pelo lado direito do ataque com o retorno de Alessandro e Fábio Santos às respectivas laterais. Guerrero, lesionado, confirmou as expectativas e não foi relacionado.

No São Paulo, a base dos últimos dois jogos foi mantida por Muricy, com Rodrigo Caio na função de líbero e Aloísio no ataque. Luís Fabiano, com problemas musculares, fez tratamento pela manhã, mas não conseguiu condições físicas. Sem seu camisa 9, a equipe são-paulina teve movimentação intensa na frente e foi melhor.

Empurrado pela torcida, o São Paulo criou as oportunidades mais claras no primeiro tempo. Jadson, substituto do suspenso PH Ganso, chutou firme da entrada da área, aos 9min, e assustou. Aloísio, aos 25min, recebeu de Reinaldo e cabeceou cruzado. Ademílson, instantes depois, exigiu trabalho de Cássio depois de bom passe de Jadson.

Com muita marcação e dificuldades para chegar na frente, o Corinthians só conseguiu criar bons lances quando Romarinho avançou pelo lado esquerdo do ataque. Na melhor dessas jogadas, ele acelerou pela ponta, invadiu a área e exigiu ótima defesa de Rogério Ceni.

Depois do intervalo, o Corinthians melhorou o desempenho defensivo e conseguiu ameaçar mais. Principalmente depois que Tite, aos 14min, deu mais velocidade à equipe com Diego Macedo no lugar de Danilo. Pela ponta, o ex-lateral do Bragantino serviu Emerson em ótimo contragolpe, mas nem com duas finalizações o atacante corintiano superou Rogério Ceni.

Quando a equipe visitante parecia se impor no Morumbi, a troca de Ademílson por Lucas Evangelista surtiu efeito no São Paulo. O jovem meia entrou bem e, em cima, a equipe são-paulina conseguiu um pênalti aos 43min. Reinaldo invadiu a área e foi segurado por DiegoMacedo. Para Wilson Luiz Seneme, penalidade. Rogério Ceni teve a chance da vitória, mas bateu na trave.

Leia Também

Está faltando cerveja no mercado: bebida começa a faltar no Brasil
Geral
Está faltando cerveja no mercado: bebida começa a faltar no Brasil
Vendedor diz que guarda municipal faz concurso a “nível macaco” e se dá mal
Polícia
Vendedor diz que guarda municipal faz concurso a “nível macaco” e se dá mal
Senador é suspeito de estuprar jovem depois de festa em São Paulo
Política
Senador é suspeito de estuprar jovem depois de festa em São Paulo
Geraldo Resende alerta para novo aumento de casos da covid em MS
CORONAVÍRUS
Geraldo Resende alerta para novo aumento de casos da covid em MS