(67) 99826-0686
Origem - entregas

Cerveja pode deixar consumidor jovem por mais tempo

Curioso

15 FEV 2014
Schimene Weber
19h06min
Foto: Reprodução/Super

De acordo com pesquisadores das universidades Tel Aviv e Columbia, o álcool pode manter o DNA de uma pessoa jovem por mais tempo.

Como isso pode acontecer? Por um curioso processo natural do ser humano.

Entenda - Cada vez que as células do corpo se dividem, elas fazem cópias das pontas dos cromossomos, que são sequências de DNA.  O problema é que os cromossomos ficam mais curtos a cada divisão, até não poderem mais se dividir e morrerem. É o processo natural do envelhecimento.

A 'grande jogada' é que o álcool é capaz de retardar esse encurtamento e manter o DNA vivo por mais tempo. Pelo menos funcionou com as leveduras expostas à substância pelos pesquisadores e, como elas dividem importantes semelhanças genéticas conosco, eles acreditam que o resultado seja o mesmo em seres humanos.

O café, por outro lado, acelera o encurtamento dos telômeros. 

Importância - "Pela primeira vez, nós identificamos alguns fatores ambientais que alteram o comprimento do telômero, e mostramos como eles fazem isso", diz Martin Kupiec, um dos autores da pesquisa.

"O que aprendemos pode um dia contribuir para a prevenção e o tratamento de algumas doenças", finalizou. 

(* Com informações da Revista Superinteressante) 

Veja também