(67) 99826-0686
Camara Maio

Chuvas deixam 45 mil famílias desabrigadas na Bolívia

Desastre

8 FEV 2014
Agência Brasil
08h44min
Foto: Reprodução

De acordo com o último boletim do Ministério da Defesa da Bolívia, a quantidade de famílias desabrigadas no país devido às inundações provocadas pelas intensas chuvas e tempestades é superior a 45 mil famílias e há registro de 38 mortes. O serviço meteorológico do país prevê aumento das chuvas no fim de semana, o que pode piorar a situação.

“Devemos nos preparar para os próximos dias, porque o Serviço Nacional de Hidrologia e Meteorologia prevê chuvas permanentes durante o fim de semana”, disse hoje (7) o vice-ministro da Defesa Civil, Oscar Cabrera, ao apresentar um balanço da situação no país.

A alta incidência pluvial começou há mais de uma semana e afeta 113 municípios do país. As chuvas também prejudicam a agricultura. De acordo com estimativas da imprensa local afetam mais de 17,5 mil hectares, especialmente plantações de arroz. O rebanho de gado de algumas regiões também está em risco. O governo também mobiliza frentes para retirar o gado das áreas afetadas.

O governo informou ter reservas suficientes de alimentos para abastecimento e fez um alerta à população para denunciar estabelecimentos que aumentem os preços neste período de chuvas.

Algumas rodovias também estão danificadas e há desabamentos nas estradas dos departamentos de Cochabamba e Santa Cruz. A Defesa Civil também emitiu um alerta solicitando que os agentes de turismo tenham cuidado com "os turistas" e que regiões com alta incidência de chuvas sejam evitadas nos próximos dias. 

Veja também