TCE MAIO
(67) 99826-0686

Com ameaça de bomba a Sochi, avião faz pouso de emergência na Turquia

Atentado

7 FEV 2014
Terra
16h07min

Com uma ameaça de bomba, um avião da Pegasus Airlines aterrissou no aeroporto de Istambul nesta sexta-feira, após um passageiro ucraniano dizer que estava com o equipamento a bordo e mandar o piloto direcionar a aeronave para Sochi, na Rússia, onde ocorrem agora os Jogos Olímpicos de Inverno.

A informação foi confirmada por funcionários do Ministério dos Transportes da Turquia. O suspeito levantou-se durante o voo, gritou que havia uma bomba a bordo e tentou entrar na cabine, que estava trancada. O piloto sinalizou tentativa de sequestro e colocou o aeroporto turco em alerta máximo.

"Enquanto o avião estava no ar, um dos passageiros disse que havia uma bomba a bordo e pediu ao avião para não pousar em Sabiha Gokcen (Turquia), mas sim em Sochi", disse o ministro dos transportes turco, Habip Soluk.

O ministro afirmou que o passageiro se levantou de seu banco, gritou que havia uma bomba a bordo e tentou entrar na cabine de pilotos. "Eles fizeram o homem acreditar que o avião estava indo para Sochi", adicionou Soluk.

A aeronave tinha 110 pessoas a bordo e foi obrigado a pousar em Istambul, onde o suspeito ainda tenta ser convencido pelas autoridades locais a se render. O avião, que voava na rota entre a Ucrânia e a Turquia, enviou um sinal de sequestro antes de realizar a aterrissagem.

De acordo com relatos oriundos do Serviço de Segurança Ucraniano, o passageiro foi dominado e encontrava-se completamente alcoolizado. Ele teria sido pacificado e nenhuma arma ou explosivo foi encontrado com o suposto terrorista.

Os Jogos Olímpicos de Inverno começaram na quinta em Sochi em meio à intensa segurança contra possíveis ataques terroristas. A Cerimónia Oficial de Abertura ocorre nesta sexta.

Veja também