TCE MAIO
(67) 99826-0686

Comerciantes ameaçam barrar construção do estacionamento da FIFA em Cuiabá

Cuiabá

17 FEV 2014
Repórter MT
18h00min

Os cerca de 200 comerciantes da Central Atacadista de Cuiabá, a conhecido como Feira do Verdão, denunciaram à imprensa de Cuiabá que, até o momento, não foram informados sobre quando eles deixarão o local para serem transferidos para o terreno localizado no bairro Jardim Industriário. A área é da Empaer e está cedida para duas empresas, uma no ramo de casas pré-moldadas e outra especializada na construção de manilhas de concreto. Até o momento, elas permanecem no local.

 

De acordo com o presidente da Associação dos Permissionários e Atacadistas de Cuiabá, Luciano de Souza, os comerciantes foram informados da mudança, mas a Prefeitura e o Governo do Estado não se posicionam quanto à data para transferência dos comerciantes. “Não falam nada de concreto. Ficamos só no ‘diz que me disse’, mas ninguém procura e fala quando temos que sair”, desabafa.

 

Luciano explicou ainda que durante uma reunião entre a Prefeitura, o Governo e os comerciantes da Feira, eles foram informados que não havia pressa na mudança. “Em reunião eles (governador Silval Barbosa e o prefeito Mauro Mendes) afirmaram que não tem pressa para mudarmos, e que isso será feito somente quando o local estiver adequado para receber os comerciantes. Não vamos sair antes que isso aconteça”.

 

A área ocupada pela feira será transformada em um grande estacionamento apenas para pessoas ligadas a Federação Internacional de Futebol (FIFA), conforme consta na matriz de responsabilidade para a realização da Copa do Mundo de 2014.

 

Mesmo sendo uma exigência, Luciano afirma que se o terreno não for estruturado dentro do prazo, eles vão permanecer no local e não vão ceder o espaço para a construção do estacionamento. “Se a Prefeitura ingressar com uma ação de despejo, vamos procurar na Justiça o nosso direito, não vamos sair, eles que procurem outro espaço”.

 

Veja também