(67) 99826-0686
REFIS FEV.

Concurso 'Aprender a Empreender no Meio Ambiente' premia alunos do Ensino Médio da Capital

O 1º lugar receberá uma viagem para conhecer o Centro Sebrae de Sustentabilidade, um tablet e uma TV de plasma

28 SET 2016
Assessoria
14h17min
Foto: Divulgação

Os melhores projetos que proporcionem o avanço na qualidade do meio ambiente da escola, comunidade e da cidade, elaborados por alunos do 7º ano de cinco escolas públicas e privadas de Campo Grande serão anunciados na noite desta quarta-feira (28), na cerimônia de premiação do 1º Concurso “Aprender a Empreender no Meio Ambiente”, promovido pela ONG Junior Achievement. O evento acontece às 19h30 no auditório do Sebrae. O 1º lugar receberá uma viagem para conhecer o Centro Sebrae de Sustentabilidade, um tablet e uma TV de plasma. Já o 2º e 3º lugar receberão medalhas.

Técnicos da Unidade de Educação Ambiental do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) participaram da etapa de avaliação dos trabalhos, realizada em 21 de setembro. Nesta data, os alunos participantes apresentaram seus projetos na Praça Ary Coelho. As propostas concorrentes trataram de diversos temas, entre eles conservação da água, reaproveitamento de papel e coleta de materiais recicláveis. Antes de elaborarem seus projetos, os jovens receberam a formação “Aprender a Empreender no Meio Ambiente”, oferecida pela ONG. Além do Imasul, a banca julgadora contou com profissionais e técnicos de outras instituições convidadas.

O objetivo do concurso, segundo a Junior Achievement, é desenvolver nos alunos a consciência sobre o relacionamento com o meio ambiente, gerando comprometimento do jovem com a sustentabilidade em sua comunidade. A ONG é uma associação educativa sem fins lucrativos, mantida pela iniciativa privada, cujo objetivo é despertar o empreendedorismo nos jovens, ainda na escola, estimulando o seu desenvolvimento pessoal, proporcionando uma visão clara do mundo dos negócios e facilitando o acesso ao mercado de trabalho.

Atualmente a entidade está presente em 120 países, beneficiando mais de 10 milhões de jovens ao ano. Em Mato Grosso do Sul, já atendeu mais de 30 mil jovens desde a sua fundação.

Veja também