tce janeiro
CNH - MOTO
Menu
sexta, 28 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Geral

Credores do Corinthians se irritam com assunto Tevez e fazem cobranças

03 outubro 2015 - 12h57Por UOL Esporte

Algumas pessoas que tem dinheiro a receber do clube não gostaram de saber da disposição em investir uma fortuna para tentar contratar o argentino Carlitos Tevez para 2016. Segundo apurou o UOL Esporte, pelo menos dois empresários entraram em contato com o clube para pedir explicações. Ao UOL, Piovesan disse ser possível investir até R$ 26 milhões em Tevez.

Não à toa, rapidamente, o clube se apressou em desmentir a possibilidade levantada por Piovesan. Em entrevista, o superintendente Andrés Sanchez negou qualquer chance de fazer um investimento dessa grandeza.

A empresa Art Sports, que comercializou Matheus Cassini ao Palermo-ITA, por exemplo, ainda não viu um real dos cerca de R$ 6 milhões pagos à vista pelo clube italiano ao Corinthians há três meses. Aproximadamente 30% do valor deveria ter sido repassado à empresa, que nesta semana tinha a promessa de receber o pagamento referente a Cassini. Mas que, mais uma vez, não foi cumprido pelo Corinthians.

De acordo com o diretor financeiro Emerson Piovesan, nenhum real será investido em contratações para o próximo ano antes de quitar as dívidas do futebol. São pelo menos cinco meses de direitos de imagem vencidos de cinco jogadores, renovações de contrato em aberto, prestações não honradas com outros clubes e, ainda, os empresários com quantias a receber.

"Ter o Tevez de volta é um sonho que qualquer corintiano tem, mas só vamos fazer após liquidar as pendências com o grupo. Essa é a prioridade zero", disse Piovesan ao UOL Esporte.

O Corinthians esperava ter recebido, em setembro, um adiantamento referente à renovação dos direitos de transmissão do Campeonato Paulista pelos próximos anos. A TV Globo, porém, ainda não enviou esse pagamento que deve ser todo direcionado para as dívidas.

Jogadores do Corinthians, inclusive, receberam a promessa do superintendente Andrés Sanchez de que tudo referente a eles seria zerado em setembro. As dívidas são de Elias, Ralf, Renato Augusto, Danilo e Jadson.