Menu
segunda, 17 de maio de 2021
MS CRESCE PELA VIDA 14 a 18/05/2021
Geral

Crítico de vacinas chinesas, Sikêra Júnior toma dose de CoronaVac

Depois de tomar a vacina, ele disse que o presidente "Bolsonaro não mandava nele"

18 abril 2021 - 18h30Por Rayani Santa Cruz

Sikêra Jr, apresentador da RedeTV de Manaus, surpreendeu os internautas neste sábado (17) ao surgir recebendo a primeira dose da vacina contra a Covid-19. As informações são do RD1.

Conforme o site, o que chamou a atenção foi o fato de Sikêra ter sido imunizado pela CoronaVac, fabricada pelo laboratório Sinovac, da China, em parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo. Ele foi um dos primeiros a criticar a vacina em novembro de 2020, chegando ao ponto de dizer que recusaria a substância.

Recusou?

Que nada, Sikêra foi direto na unidade para receber a vacina. 

Mas, há alguns meses Sikêra disparou:

“Meu corpo, minhas regras. Queria que vocês (que criaram a campanha) se juntassem a mim. É uma campanha bacana que a gente quer fazer, dizendo: ‘Olha, tenho direito a não querer, a não ser vacinado’. Não tenho direito? O corpo não é meu? Meu corpo, minhas regras. Então quero convidar a todas as pessoas que fizeram essa campanha para ficar do meu lado ou pelo menos propagar isso. Não quero tomar essa vacina. Não sei de onde vem, quem fez. Aliás, a gente sabe de onde vem. Vem da China. Mas quem quiser tomar, pode tomar“.

Vacinou

Após a vacina, neste sábado, a filha do apresentador publicou uma foto em sua rede social em que mostrava o cartão de vacinação de Sikêra. No registro, foi possível notar que a dose aplicada foi justamente da CoronaVac.

Horas depois, o apresentador também utilizou sua conta no Instagram para falar que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) “não mandava” nele.

“Um recado pros esquerdistas, que são doidos: vocês têm que procurar um psiquiatra. Vocês não são normais. Não era melhor ter tomado Cloroquina? Eu tomei Cloroquina e Azitromicina, tive Covid-19 e vou tomar a vacina. Vou tomar a segunda dose. E aconselho todo mundo a tomar. E o presidente vai gostar? O presidente pode mandar na sua mulher, quem manda em mim sou eu“, enfatizouAos 54 anos, Sikêra Jr já havia testado positivo para a doença em abril do ano passado. Ele chegou a chorar ao revelar que estava com Covid-19.

“É uma surpresa, né? A gente acha que só pega fogo na casa do vizinho. E a vida me deu essa lição. A gente não acredita enquanto não acontece com a gente, né? Enquanto acontece com o nosso vizinho, normal. Mas quando acontece conosco, a história é outra. E é isso. Estou aqui, apesar de tanta especulação“, declarou, na ocasião.