(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Dia da adoção: após nascer na rua, bebê é adotado por casal homoafetivo

Pais se mudaram para o Brasil há dez anos

24 MAI 2019
Meia Hora IG
18h39min
Foto: Arquivo Pessoal

O Dia Nacional da Adoção é celebrado em 25 de maio e nada melhor do que conhecermos histórias inspiradoras. Os franceses Benjamin Cano Planès e Louis Planès se mudaram para o Brasil há quase 10 anos para começar um negócio. Em meio ao trabalho, o casal decidiu que era o momento certo para a família crescer. Por cerca de um ano, os dois se encontraram com psicólogos e assistentes sociais para que estudassem sua condição familiar.

Depois da aprovação da Vara da Infância e da Juventude do Rio de Janeiro, eles aguardaram por dois anos com imensa expectativa, acompanhando de perto o processo para saber se havia uma criança disponível. Até que uma juíza telefonou para Benjamin e informou que uma colega, também juíza, da Bahia, estava com um caso de um bebê prematuro, que nasceu com apenas 5 meses.

O pequeno Vinícius nasceu na rua, com apenas 900 gramas. Ele foi reanimado na ambulância e abandonado no hospital. Imediatamente o casal se interessou e foi até a Bahia para conhecê-lo. De cara, eles se sentiram conectados ao bebê, que só teve alta da UTI com sete meses e meio de vida. Mas, por causa da saúde frágil do bebê, eles só puderam retornar ao Rio três semanas depois.

"Adotar uma criança no Brasil foi mais um ato de amor pelo país que nos deu muita sorte. O melhor presente da minha vida é meu filho e quem me deu foi meu país de adoção. Me sinto brasileiro desde a primeira hora”, conta Benjamin.

A história também pode ser acompanhada pelo Instagram. O casal criou um perfil para Vinícius desde que o mesmo foi adotado e o @viniciuscanoplanes tem quase 500 seguidores.

 

 

 

 

Veja também