Menu
quarta, 12 de agosto de 2020
Geral

Diante da torcida, Palmeiras vence o Boa e é campeão da Série B

Futebol

16 novembro 2013 - 18h40Por Folha de São Paulo

Já de volta à Série A, o Palmeiras, enfim, comemorou o título da segunda divisão neste sábado, quando venceu o Boa Esporte por 3 a 0, no Pacaembu, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, a equipe alviverde chegou aos 76 pontos e não pode mais ser alcançada pela Chapecoense, vice-líder, que também subiu. Restam duas partidas para o fim da competição.

Assim como vem ocorrendo nos jogos da Série A, após o apito inicial, os jogadores trocaram passes de um lado para o outro durante 30 segundos, aderindo aos protestos do movimento Bom Senso F.C.

Aos 28 min do primeiro tempo, Wendel acreditou em uma bola perdida na direita e tocou para Felipe Menezes, que bateu rasteiro, e o goleiro Douglas deixou passar.

Na volta dos vestiários, aos 11 min, Charles acionou Leandro na esquerda, o atacante ameaçou o chute, e Douglas acreditou. Na sequência, ele driblou o goleiro e, com muita tranquilidade, empurrou para dentro da meta vazia.

O passe para o terceiro gol saiu dos pés do volante uruguaio Eguren, que acionou Juninho na esquerda. O lateral soltou uma bomba no canto curto e definiu o placar no Pacaembu.

Na próxima rodada, sábado, às 17h20, o campeão da Série B recebe o Ceará. No mesmo horário, o Boa enfrenta o Sport em casa.

O JOGO

Uma cobrança de falta de Alan Kardec no travessão, aos 3 min de partida, deu indícios de que a tarde seria de festa para os palmeirenses.

Mas o Boa entrou em campo disposto a estragar as comemorações. Marcelinho Paraíba respondeu logo em seguida, aos 5 min, quando aproveitou uma bola desviada pela zaga para cabecear firme, no chão. Fernando Prass defendeu em cima da linha.

Sentindo falta de Valdivia (com a seleção chilena) e Wesley (lesionado), os donos da casa encontraram dificuldade em criar boas jogadas. Em compensação, os visitantes não quiseram saber de retranca e chegaram mais vezes ao ataque.

Fernando Karanga, aos 27 min, quase abriu o placar no Pacaembu. Rafinha cruzou da direita, o atacante mergulhou na área e cabeceou a bola na rede, pelo lado de fora.

O dia, porém, era mesmo do Palmeiras.

No minuto seguinte, Wendel acreditou em uma bola perdida na direita, deixou Betinho a ver navios e tocou para Felipe Menezes, que chutou rasteiro. O goleiro Douglas deixou passar: 1 a 0.

Antes do intervalo, em cobrança de falta, Marcelinho Paraíba assustou Fernando Prass ao mandar a bola rente ao travessão.

A entrada de Charles no lugar de Wendel na etapa complementar deu vida ao meio de campo palmeirense, e o time cresceu muito de produção.

Leandro, aos 11 min, marcou o segundo gol dos paulistas. Charles acionou o atacante na esquerda, ele ameaçou o chute, e Douglas acreditou. Na sequência, o camisa 38 driblou o goleiro e, com muita tranquilidade, empurrou para dentro da meta vazia.

O lateral Juninho também balançou as redes, aos 31min, depois de bom passe de Eguren. Da esquerda, ele soltou uma bomba no canto curto de Douglas e definiu o placar no Pacaembu.

Uma bela defesa de Fernando Prass aos 44 min da etapa final coroou a conquista alviverde. Fernando Karanga arrematou da meia-lua, e o goleiro saltou bonito para manter a festa intacta.

Leia Também

Foto de entregadora de aplicativo com as filhas no colo comove redes sociais
Geral
Foto de entregadora de aplicativo com as filhas no colo comove redes sociais
Bolsonaro confirma visita a Corumbá no dia 18, primeira vez como presidente
Cidades
Bolsonaro confirma visita a Corumbá no dia 18, primeira vez como presidente
Marquinhos altera decreto e Lei Seca começa a valer nesta quarta-feira
Cidade Morena
Marquinhos altera decreto e Lei Seca começa a valer nesta quarta-feira
Atlético-GO tem quatro jogadores com covid e vai desfalcado contra o Flamengo
Geral
Atlético-GO tem quatro jogadores com covid e vai desfalcado contra o Flamengo