TCE Novembro
TJMS DEZEMBRO
Menu
sexta, 03 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CONSTRUINDO O SABER 29/11 A 29/12
Geral

Dourados tem 3º óbito registrado por H1N1 e MS soma 52 mortes

17 junho 2016 - 10h11Por Dourados News

Uma mulher de 81 anos moradora no Jardim Climax é a terceira vítima por H1N1 em Dourados. Ela faleceu no dia 04 de junho após nove dias internada no Hospital da Vida em Dourados.

Segundo informações do núcleo de Vigilância Epidemiológica de Dourados, a paciente deu entrada no hospital no dia 26 de maio com sintomas da doença e como o quadro dela evoluiu a paciente veio a óbito. Uma quarta morte por suspeita da H1N1 ainda é investigada e seria de outro paciente internado no HV, porém, não sabe ainda se é morador na cidade.

"Essa paciente internou no dia 26 de maio e veio a óbito no dia 04 de junho, os exames para diagnóstico de H1N1 haviam sido feitos, mas só saiu o resultado no dia 10, com isso comprovado a morte pela doença", explicou o coordenador do núcleo Devanildo de Souza.


O município conta com 55 casos notificados pela doença, 29 foram confirmados e agora soma três mortes. Os dados são do boletim epidemiológico divulgado pela Secretária de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES), na tarde de quarta-feira (15).

Na semana passada eram registrados 43 casos notificados com suspeitas com a doença, 22 confirmados, 12 negativos e nove aguardavam resultado.

Mortes em Dourados e no Estado

A primeira morte confirmada pela doença foi de um paciente de 52 anos, internado no dia 29 de maio e faleceu no dia 07 de junho, no Hospital da Vida, relembre aqui.

A segunda foi confirmada no início desta semana sendo o jornalista de 48 anos, que foi internado no dia 27 de maio no Hospital da Vida, transferido para o Hospital Evangélico onde morreu no dia de junho.

Segundo os dados no Estado já foram notificadas 926 pessoas com suspeita da doença, dentre elas 271 foram confirmadas. Os óbitos somam 52, outras duas mortes por influenza foram registradas na capital, uma pela influenza tipo B e a outra não subtipado.

Os municípios do Estado que registraram mortes são Campo Grande com 14; Naviraí com sete; Dourados e Caarapó com três cada.

Água Clara, Antônio João, Costa Rica, Coxim, Douradina, Glória de Dourados, Ivinhema, Jutí, Laguna Carapã, Maracaju, Rio Verde, Santa Rita do Rio Pardo, São Gabriel do Oeste com uma morte cada.

Já Rio Brilhante, Aquidauana, Bataguassu, Corumbá, Jardim e Três Lagoas com dois cada.