TJMS JANEIRO
Menu
quinta, 20 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Geral

Eleito, Mansour quer gestão dinâmica, transparente e democrática na OAB/MS

23 novembro 2015 - 18h12Por Mariana Anunciação

Atualmente, o advogado Mansour Karmouche ocupa a vice-presidência da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional de Mato Grosso do Sul (OAB/MS) e não vê a hora de estar à frente da instituição. Confirmando o favoritismo, o advogado foi eleito sexta-feira (20) como presidente para o triênio 2016/2018, substituindo Júlio César Souza Rodrigues. Agora, ele já se prepara para assumir o cargo e faz planos para o futuro.

 

“Estamos trabalhando nas nossas propostas. No momento, vivenciamos o processo de transição para iniciarmos os trabalhos no início do ano de 2016. Mas, para conseguirmos tudo o que propomos, já estamos na ativa. Nossa gestão será dinâmica, de forma transparente e democrática”, contou Mansour, que é Especialista em Direito Constitucional pela PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica) e em Direito de Família pela Escola Paulista de Direito.

 

O primeiro passo é buscar a ampliação do atendimento do Fórum de Campo Grande, para 8h às 18h. “Quero ampliar o serviço imediatamente. Para isso, temos que fazer os estudos e buscar os entendimentos. A população é quem mais ganha com isso”, destacou o advogado.

 

Mansour também afirmou que está focado na restruturação do parque de informática da instituição, com a intenção de agilizar a parte administrativa.

 

Em entrevista ao TopMídia News, Mansour disse que o diferencial da sua gestão será a participação efetiva do jovem e do interior, visando a melhoria no atendimento. “Estou bastante confiante. Tenho uma turma boa de advogados comprometidos com o projeto. Estou louco para começar a trabalhar e temos muito o que aprimorar”, destacou.

 

Mansour conta com o apoio de Gervásio Oliveira como vice-presidente para cumprir suas metas. Além do procurador federal Marco Aurélio de Oliveira Rocha como Secretário-Geral; Stheven Razuk será o tesoureiro; e Vinicius Monteiro Paiva deve ocupar o cargo de Secretário-Geral Adjunto.