Menu
quinta, 03 de dezembro de 2020
Geral

Enem: 30 mil participam da edição de presos e adolescentes em unidade de internação

Enem 2013

08 novembro 2013 - 19h22Por Agência Brasil

Em 2013, 30 mil internos e presos participarão do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que aplicado especificamente a esse público. O Enem para pessoas privadas de liberdade e adolescentes que cumprem medidas socioeducativas será aplicado nos dias 3 e 4 de dezembro, dentro dos presídios e unidades de internação.

O número de inscritos registrados neste ano no chamado “Enem dos presídios” é 28% superior ao registrado em 2012. Esta segunda edição da prova segue o mesmo formato da regular – são 45 itens de ciências humanas, 45 de ciências da natureza, 45 de linguagens e 45 de matemática, além da redação.  O que muda é o conteúdo das questões.

Participam do exame os presos e internos cujas unidades prisionais firmaram termo de compromisso com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). As inscrições foram feitas via internet pelos responsáveis pedagógicos de cada instituição.

No primeiro dia de prova, os participantes terão quatro horas e meia para responder às questões de ciências humanas e suas tecnologias e de ciências da natureza e suas tecnologias. No segundo dia, serão aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, matemática, além da redação. A duração chegará a cinco horas e meia.

No ano passado, o Enem para privados de liberdade teve 23.665 inscritos, sendo 20.687 homens e 2.978 mulheres. Do total de inscritos, 17.945 fizeram o exame em busca de certificação do ensino médio. É preciso ser maior de 18 anos para requerer a certificação por meio da prova do Enem.

Leia Também

Humorista 'Rodela' morre de covid-19 aos 66 anos em SP
In Memoriam
Humorista 'Rodela' morre de covid-19 aos 66 anos em SP
Fátima Bernardes revela que está com câncer no útero
Geral
Fátima Bernardes revela que está com câncer no útero
Em 24 horas, Brasil registra quase 700 mortes por covid-19
Geral
Em 24 horas, Brasil registra quase 700 mortes por covid-19
Cachorrinhos são furtados no Tiradentes e dona chora: 'doloroso não ter vocês em casa'
Cidade Morena
Cachorrinhos são furtados no Tiradentes e dona chora: 'doloroso não ter vocês em casa'