TCE Novembro
Menu
segunda, 29 de novembro de 2021 Campo Grande/MS
pmcg revia negocios
Geral

Enquete: maioria dos leitores duvida das informações que recebe pelo WhatsApp

Notícias falsas se espalham 70% mais rápido que as verdadeiras e alcançam muito mais gente

29 outubro 2018 - 11h25Por Luis Abraham

TopMídiaNews lançou enquete querendo saber se os leitores acreditam em informações que recebem via Whatsapp. Cerca 90% dos votantes desconfiam desse tipo de conteúdo. Por outro lado, 10% acreditam em mensagens desta natureza.

Poder das 'fake news'

De acordo com um estudo realizado pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), notícias falsas se espalham 70% mais rápido que as verdadeiras e alcançam muito mais gente. Os pesquisadores analisaram todas as postagens, verificadas por 6 agências independentes de checagem de fatos, que foram disseminadas no Twitter desde 2006, quando a rede social foi lançada, até 2017.

Foram mais de 126 mil postagens replicadas por cerca 3 milhões de pessoas. Cada postagem verdadeira atinge em média, mil pessoas, enquanto as postagens falsas mais populares - aquelas que estão entre o 1% mais replicado - atingem até 100 mil pessoas.

O estudo também afirma que quando a notícia falsa é ligada à política, a disseminação é três vezes mais rápida. Outra conclusão é que, ao contrário do que se pensava, os robôs aceleram o repasse de informações falsas e verdadeiras nas mesmas taxas.

Isto significa que as notícias falsas se espalham mais que as verdadeiras porque os humanos - e não os robôs - têm mais probabilidade de disseminá-las, de acordo com o responsável pela pesquisa, Sinan Aral.

Como identificar uma 'fake news'

Dá um pouco de trabalho checar a veracidade de um conteúdo, mas vale a pena adotar esse hábito ao receber uma informação pelo Whatsapp ou qualquer outro aplicativo de comunicação instantânea.

Observe os passos à seguir:
1) Pare e pense. Não acredite na notícia ou compartilhe o texto de imediato.

2) Ela lhe causou uma reação emocional muito grande? Desconfie. Notícias inventadas são feitas para causar, em alguns casos, grande surpresa ou repulsa.

3) A notícia simplesmente confirma alguma convicção sua? Também é uma técnica da notícia inventada. Não quer dizer que seja verdadeira. Desenvolva o hábito de desconfiar e pesquisar.

4) A notícia está pedindo para você acreditar nela ou, por outro lado, ela está mostrando por que acreditar? Quando a notícia é verdadeira, é mais provável que ela cite fontes ou dê links ou cite documentos oficiais e seja transparente quanto a seu processo de apuração.

5) Produzir uma reportagem assim que eventos acontecem toma tempo e exige profissionais qualificados. Desconfie de notícias bombásticas no calor do momento.