Menu
segunda, 17 de maio de 2021
MS CRESCE PELA VIDA 14 a 18/05/2021
Geral

'Estou com falta de ar' disse vendedora antes de morrer por complicações em lipoaspiração

A jovem de 27 anos fez lipo, abdominoplastia e correção de glúteos

15 abril 2021 - 10h29Por Rayani Santa Cruz

A vendedora de veículos Keitiane Eliza da Silva, de 27 anos, morreu na madrugada de quarta-feira (14) em Cuiabá -MT após passar por cirurgia fazendo procedimentos de lipoaspiração,  abdominoplastia, correção de glúteos e de uma cicatriz nos seios. 

Ao sentir que não estava bem, ainda no pós-operatório a jovem pediu pela vida a mãe: "Não me deixa morrer, estou com falta de ar”, disse segurando a mão da genitora. 

Conforme o site Gazeta Digital, a vendedora entrou no centro cirúrgico do Hospital Valore Day, onde permaneceu por algumas horas para realizar a cirurgia. 

Keitiane foi diagnosticada com covid-19 há menos de um mês. No entanto, a equipe médica resolveu realizar os procedimentos, após pedirem por exames.

Passado os procedimentos, Keitiane foi levada para um quarto. Em seguida, começou a apresentar complicações, especialmente falta de ar. Ela teve três paradas cardíacas, além de precisar de bolsas de sangue. A família procurou incessantemente por um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) à noite toda. Porém, quando deu entrada no Hospital Santa Rosa, já às 9h, a jovem não resistiu.

Keitiane deixa duas filhas, uma de 8 e outra de 6 anos.

Outro lado

A assessoria jurídica do médico que realizou a cirurgia divulgou nota de esclarecimento sobre o caso e diz que "realizou com rigor e à risca todos os procedimentos padrões de praxe pré-operatório para que a cirurgia plástica na paciente K. E. S. pudesse ser realizada com segurança";

A nota cita que a paciente realizou todos os exames necessários antes do procedimento e não foi apresentado anormalidade. O médico afirma que a paciente foi assistida ao apresentar falta de ar. "Devido ao lamentável fato, a assessoria jurídica do médico Alexandre Veloso informa que disponibilizou assistentes sociais e psicólogas para prestarem atendimento aos familiares da jovem. Por fim, o médico Alexandre Veloso externa seu mais profundo sentimento de pesar."

Veja a nota completa clicando aqui

 

(Texto atualizado às 12h06 para correção de informação sobre quantitativo de horas que a paciente permaneceu em processo cirúrgico).