Menu
sábado, 31 de outubro de 2020
Geral

Estudante armado é detido após fazer reféns e matar 2 em escola na Rússia

Assassinato

03 fevereiro 2014 - 13h59Por Reuters

Um estudante do ensino médio em Moscou matou um professor e um policial a tiros e fez mais de 20 alunos reféns em uma sala de aula nesta segunda-feira, antes de ser desarmado e detido, informou a polícia, a poucos dias do início da Olimpíada de Inverno de 2014, sediada na Rússia.

Em um raro incidente com arma de fogo em uma escola russa, o ofensor entrou na escola que frequentava no norte de Moscou carregando um rifle e fez estudantes e um professor reféns durante uma aula de biologia, afirmou a polícia da capital russa.

A polícia depois disse que o ofensor foi preso, retirado da escola e mantido em uma viatura policial. De acordo com o site de notícias Lifenews, ele primeiro atirou em um policial e então abriu fogo contra outros que chegaram ao local.

"A pessoa que fez 20 pessoas e um professor reféns é um estudante... na mesma escola. Ele foi neutralizado e todos os estudantes foram libertados", disse o porta-voz do Ministério do Interior Andrei Pilipchuk na TV estatal.

"Um policial foi ferido fatalmente durante a operação e morreu no hospital, e um professor da escola número 263 foi morto", disse ele.

O tiroteio causou pânico nos estudantes, que correram para a rua enquanto um helicóptero da polícia pousou no gramado coberto de neve ao redor da escola.

O incidente ocorre enquanto a Rússia está sob os holofotes mundiais, quatro dias antes da abertura da Olimpíada de Inverno de 2014, sediada no resort russo de Sochi, no Mar Negro.

Leia Também

Presidiários e policiais são flagrados em festinha em presídio no Paraguai
Interior
Presidiários e policiais são flagrados em festinha em presídio no Paraguai
Na Lata: bolsonarista defende Pedro Kemp e paga mico ao denunciar candidato do PSL
Na Lata
Na Lata: bolsonarista defende Pedro Kemp e paga mico ao denunciar candidato do PSL
Candidatos fazem críticas e prometem investir em empregos e educação em horário noturno
Cidade Morena
Candidatos fazem críticas e prometem investir em empregos e educação em horário noturno
Em 24 horas, 508 brasileiros morrem de covid-19, diz Ministério da Saúde
Geral
Em 24 horas, 508 brasileiros morrem de covid-19, diz Ministério da Saúde