TCE ABRIL 16 A 22/04
Menu
quarta, 21 de abril de 2021
Geral

Ex-vereador morre em SP, vítima de câncer

Ota ficou nacionalmente conhecido depois do assassinato do filho do Ives Ota

25 fevereiro 2021 - 12h15Por Nathalia Pelzl

O ex-vereador Nikkey Masataka Ota (PSB), 63 anos, morreu na noite desta quarta-feira (24) em São Paulo, vítima do câncer. 

Conforme divulgado, ele estava internado no hospital Sírio Libanês.

Há meses, Ota lutava contra a doença que estava já em fase de metástase no pulmão e nos ossos.

Ota era casado com a deputada federal Keiko Ota (PSB) há mais de 30 anos.

O ex-vereador ficou conhecido ao lutar por leis mais duras para crimes hediondos no Brasil, após o assassinato do filho, Ives Ota. 

O menino de oito anos foi morto durante um sequestro na Zona Leste de São Paulo, em 1997. 

Ota organizou um abaixo-assinado cerca de três milhões de assinaturas em todo o país e até no exterior. 

O documento foi entregue ao Congresso Nacional e era contrário à proposta de redução da pena para crimes hediondos no Brasil, de 30 para 15 anos.

Os três acusados de envolvimento no sequestro e morte do garoto foram condenados a penas entre 43 e 45 anos de prisão, em 1998, pelo juiz da 17ª Vara Criminal de São Paulo.