(67) 99826-0686
Camara - marco

Flamengo vence o Atlético e se consagra campeão da Copa do Brasil

'Raça, amor e paixão...'

28 NOV 2013
Schimene Weber
07h46min
Foto: Divulgação / Globo Esporte

"És time de tradição, raça, amor e paixão, óh meu Mengo!" - Era esse o grito entoado pela garganta e pelo coração da torcida flamenguista na grande noite de ontem. Haviam motivos: após um ano repleto de altos e baixos, o Fla foi do inferno ao céu em uma partida finalizada por todo o capricho de Elias e Hernane que foram, novamente, os principais nomes do jogo.

O Flamengo, que já tinha a vantagem do empate fora de casa na última semana, na Vila Capanema, reafirmou o seu favoritismo e derrotou o Atlético Paranaense por 2x0 em um jogo cheio de raça vinda de ambos os lados. O Maracanã foi o palco digno de uma decisão difícil, do início ao fim.

Partida - Vontade. Foi esta a virtude que marcou a partida iniciada às 21h50 (horário de Brasília), no Rio de Janeiro. O Atlético Paranaense, apesar de não ameaçar no primeiro tempo, demonstrava a vontade de corresponder a confiança que a torcida havia depositado na equipe. Os flamenguistas que lotaram o estádio, empurravam o time carioca a todo o momento. Era pressão de todos os cantos, mas nenhum dos times foi completamente efetivo nos 45 minutos iniciais.

Na segunda etapa, o panorama da partida seguiu o tempo inicial. O Flamengo tentou chegar, mas o juíz impediu. O Flamengo foi mais uma vez, e acertou na trave. O Furacão começou a pressionar. Muitas faltas, pouca eficiência. Mais uma vez, o Flamengo chegou. Aos 41' do final, Elias presenteou a torcida. Aos 49', Hernane afirmou o placar. Redenção.

Espetáculo Flamenguista - A torcida lotou o estádio e comandou a festa. Ao todo, o público presente foi de 68.857. Antes mesmo do apito inicial, levantaram um mosaico com a frase "conte comigo, Mengão". As arquibancadas que carregavam o peso da Nação Flamenguista estavam em total comunhão, em êxtase completo, prometendo o mesmo apoio na Taça Libertadores que, graças ao título, será disputada em 2014 pelos Rubro-Negros cariocas.

Eles mostraram, mais uma vez, todo o amor que provém da maior torcida do mundo. Clubismos à parte, na noite de ontem, graças a todo o conjunto da conquista (dentro e fora de campo), foi possível entender a frase do hino apaixonado que diz "uma vez Flamengo, Flamengo até morrer!...". E, ainda hoje, um dia depois da conquista: comemore, torcedor! O Fla é TRICAMPEÃO!


Foto: Divulgação / Globo Esporte
Foto: Divulgação / Globo Esporte
Foto: Divulgação / Globo EsporteFoto: Pedro Kirilos/Agência O GloboFoto: Agência O DiaFoto: Agência O Dia

Veja também