(67) 99826-0686
Camara Maio

França nega que Hollande vá anunciar separação

Internacional

25 JAN 2014
Estadão
13h31min

O porta-voz do governo da França negou neste sábado que o presidente François Hollande vá anunciar a separação de Valérie Trierweiller.

O anúncio foi feito após o Le Journal du Dimanche publicar em seu site uma matéria afirmando que o casal anunciaria o término do relacionamento hoje. A publicação francesa não cita a fonte da informação.

No entanto, o porta-voz do palácio disse que o "rumor não é verdadeiro" e que o governo não tem planos de emitir um comunicado.

A crise conjugal de Hollande e Trierweiller começou há duas semanas, quando a revista Closer revelou que o presidente da França estaria tendo um caso com a atriz Julie Gayet desde antes da campanha presidencial de 2012. Na semana passada, o presidente francês admitiu que estava passando por um "momento doloroso" em seu relacionamento.

Com o estouro do escândalo, Trierweiller ficou dez dias internada em um hospital em Paris, alegando uma "crise de depressão". Ontem, a jornalista viajou para a Índia em missão de caridade, um compromisso oficial como primeira-dama da França.

Embora não sejam oficialmente casados, Hollande e Trierweiller mantém um relacionamento desde 2007, quando o presidente se separou da ex-deputada Ségolène Royal.

Até hoje, Hollande e Gayet não confirmaram ou desmentiram o caso.

Veja também