Menu
segunda, 30 de novembro de 2020
Geral

Garçom se recusa a fritar sapo pego em lagoa e é agredido por clientes no DF

Confusão por causa do petisco exótico teve até tiro disparado

30 outubro 2020 - 18h19Por Thiago de Souaa

Grupo de homens, que aparentava estar embriagado, agrediu um garçom que se recusou a fritar um sapo e servir como petisco, em um restaurante de Brazlândia, no Distrito Federal. O detalhe é que o sapo foi capturado em um lago pelos agressores. 

Conforme o O Dia, diante da recusa em preparar o prato ‘exótico’, o garçom recebeu socos e chutes. Ao ver o funcionário em desvantagem na briga, o dono do estabelecimento sacou uma arma e atirou na direção da porta do comércio. 

Os envolvidos na confusão foram levados à delegacia de polícia. O sapo foi devolvido à lagoa. 

O dono do bar disse ter o porte de armas e é praticante de tiro. Em depoimento, o empresário alegou que o tiro foi para legítima defesa de seu funcionário e que "se quisesse, teria acertado". 

Leia Também

Mãe tirou foto da filha momentos antes de ela morrer eletrocutada por decoração
Geral
Mãe tirou foto da filha momentos antes de ela morrer eletrocutada por decoração
R$ 4,79: MS tem gasolina mais cara do Brasil, segundo levantamento
Economia
R$ 4,79: MS tem gasolina mais cara do Brasil, segundo levantamento
Funcionários de terceirizada da Energisa entram em greve por tempo indeterminado
Interior
Funcionários de terceirizada da Energisa entram em greve por tempo indeterminado
Preço da energia afeta decoração natalina, que deve ser mais simples este ano
Cidades
Preço da energia afeta decoração natalina, que deve ser mais simples este ano