ALMS junho neocom
Menu
sexta, 18 de junho de 2021
CONFLITO  18 A 20/06/21
Geral

Garçom se recusa a fritar sapo pego em lagoa e é agredido por clientes no DF

Confusão por causa do petisco exótico teve até tiro disparado

30 outubro 2020 - 18h19Por Thiago de Souaa

Grupo de homens, que aparentava estar embriagado, agrediu um garçom que se recusou a fritar um sapo e servir como petisco, em um restaurante de Brazlândia, no Distrito Federal. O detalhe é que o sapo foi capturado em um lago pelos agressores. 

Conforme o O Dia, diante da recusa em preparar o prato ‘exótico’, o garçom recebeu socos e chutes. Ao ver o funcionário em desvantagem na briga, o dono do estabelecimento sacou uma arma e atirou na direção da porta do comércio. 

Os envolvidos na confusão foram levados à delegacia de polícia. O sapo foi devolvido à lagoa. 

O dono do bar disse ter o porte de armas e é praticante de tiro. Em depoimento, o empresário alegou que o tiro foi para legítima defesa de seu funcionário e que "se quisesse, teria acertado".