Menu
terça, 07 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CONSTRUINDO O SABER 29/11 A 29/12
Geral

Globo corre da Justiça ao usar bebê de mentira em “Pais de Primeira”

Emissora quer evitar problemas com Juizado de Menores, zelando pelas condições físicas e psicológicas de bebês e crianças durante as filmagens

12 novembro 2018 - 11h46Por Da redação / Portal Terra

Para evitar problemas com o Juizado de Menores, a Globo foi aos Estados Unidos adquirir dois bonecos de bebês para a série “Pais de Primeira” – com lançamento marcado para 25 de novembro, aos domingos -, centrada num casal, Pedro (George Sauna) e Laís (Renata Gaspar), às voltas com o primeiro filho.

Segundo informações da jornalista Patricia Kogut, um dos bebês “de mentirinha” simula os movimentos de uma criança ao respirar. Além dos dois artigos importados, um terceiro boneco, do acervo da emissora, também será utilizado pela produção.

A intenção é poupar a equipe de aborrecimentos com as limitações impostas pelo Juizado de Menores para as gravações com menores de idade. O órgão zela pelas condições físicas e psicológicas de bebês e crianças no ambiente de trabalho.

Cabe lembrar que a Globo enfrentou reprimendas do Juizado em diversas ocasiões, por inúmeros motivos. Em “A Força do Querer” (2017), por exemplo, um bebê de três meses foi internado com hipotermia após uma gravação à beira de um rio; o gerente de produção e o diretor de cena, Davi Lacerda, foram punidos com 30 dias de afastamento, sem remuneração.

Gestação

Com a primeira temporada praticamente concluída, o autor Antonio Prata e sua equipe já tocam a segunda leva de episódios de “Pais de Primeira”. O pacote compreende catorze programas, oito a mais do que a fase de estreia.