Menu
Busca quarta, 03 de junho de 2020
GOV FEMINICIDIO
Geral

Governo federal expulsou mais de 4 mil servidores por irregularidades

Corrupção

15 janeiro 2014 - 17h36Por Agência Brasil

Relatório divulgado pela Controladoria-Geral da União (CGU) mostra que mais de 4 mil servidores públicos federais foram expulsos devido a acusações de irregularidades cometidas durante o período em que exerceram suas funções. A principal causa é a corrupção.


De acordo com o relatório de punições divulgado pela CGU, de 2003 a 2013 foram aplicadas 4.577 penas contra servidores, como demissão, destituição ou cassação de aposentadoria. Segundo o levantamento, 3.078 servidores foram banidos do serviço público por atos de corrupção; 1.025 acumularam cargos ilegalmente, abandonaram o emprego ou não compareciam para trabalhar com frequência. Os demais casos foram participação societária em empresa privada e negligência.


 
Somente no ano passado, 529 funcionários públicos foram punidos, destes 429 servidores foram demitidos, 51 tiveram aposentadoria cassada e 49 perderam cargos em comissão. As punições administrativas no serviço público podem ser advertência; suspensão; demissão; cassação de aposentadoria e destituição de cargo em comissão ou de função comissionada.

Leia Também

Assembleia aprova estado de calamidade pública para Rio Brilhante e Guia Lopes da Laguna
Política
Assembleia aprova estado de calamidade pública para Rio Brilhante e Guia Lopes da Laguna
Mato Grosso do Sul bate novo recorde e passa dos 1,8 mil casos de coronavírus
Saúde
Mato Grosso do Sul bate novo recorde e passa dos 1,8 mil casos de coronavírus
Policiais que salvaram vida de bebê ganham almoço especial
Geral
Policiais que salvaram vida de bebê ganham almoço especial
Deputados de MS aderem “Desafio do Leite”
Política
Deputados de MS aderem “Desafio do Leite”