Menu
segunda, 10 de agosto de 2020
Geral

Horário de verão deve proporcionar R$ 400 milhões de economia aos cofres públicos

Horário de Verão

16 outubro 2013 - 17h45Por Aline Oliveira

Na próxima meia-noite de sábado (19) para domingo (20) tem início o horário de verão e os relógios devem ser adiantados em uma hora até 16 de fevereiro de 2014. O MME (Ministério de Minas e Energia) informou que o governo pretende economizar cerca de R$ 400 milhões com a geração térmica para evitar contingências no sistema e atender à demanda do horário de pico.

A previsão do ministério é que haja redução do consumo de 247 megawatts (MW) nos subsistemas Sudeste/Centro-Oeste e Sul, o que equivale a 0,5% do consumo nos 10 Estados mais o Distrito Federal. A novidade com relação ao ano passado é que o Tocantins não irá participar da mudança no horário.

Cabe destacar que o horário de verão permite aproveitar melhor a luz solar e evita investimentos em geração e transmissão, refletindo na tarifa paga pelos consumidores brasileiros. Com a redução da demanda deixa-se de gastar R$ 4,6 bilhões em usinas geradoras de energia e linhas de transmissão.

Leia Também

Prefeitura e Defensoria fazem acordo para evitar lockdown em Campo Grande
Cidade Morena
Prefeitura e Defensoria fazem acordo para evitar lockdown em Campo Grande
Médico que lutava contra câncer no cérebro há 20 anos morre em Coxim
In Memoriam
Médico que lutava contra câncer no cérebro há 20 anos morre em Coxim
Grávida é presa por cortar pênis do marido ao descobrir traição na... NIGÉRIA
Geral
Grávida é presa por cortar pênis do marido ao descobrir traição na... NIGÉRIA
Delegado de MS segue internado com covid no Albert Eintein
Cidades
Delegado de MS segue internado com covid no Albert Eintein