Menu
terça, 20 de outubro de 2020
Geral

Incra identifica 41 mil hectares para desapropriação de terras entre Campo Grande e Bataguassu

Reforma Agrária

08 fevereiro 2014 - 17h17Por Carlos Guessy

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, Incra, fez um levantamento e identificou 41 mil hectares com potencial para desapropriação entre as cidades de Campo Grande e Bataguassu.


A escolha da região é por ser tratar do eixo demograficamente mais vazio do Estado. Conforme a assessoria de imprensa do instituto, o levantamento foi encaminhado para Brasília, a quem cabe aprovar ou não os pedidos para a Reforma Agrária.


Caso o parecer seja favorável a criação de um assentamento é precedida de audiência pública com os interessados, incluindo comunidade, prefeitos e Ministério Público.


O cadastro do Incra conta com 22 mil famílias à espera de lote. Depois de paralisia de quatro anos devido à ordens judiciais, a Reforma Agrária foi retomada no fim de 2013 em Mato Grosso do Sul, com a abertura de assentamento em Anhanduí, distrito de Campo Grande.

Leia Também

Pitbull fica ferido após explosão de bomba caseira no Coophasul
Polícia
Pitbull fica ferido após explosão de bomba caseira no Coophasul
Terça-feira será de chuva e temperaturas agradáveis em MS
Cidades
Terça-feira será de chuva e temperaturas agradáveis em MS
Morto no trânsito, Luciano Nunes uniu duas paixões na vida: motos e a Polícia Militar
Cidade Morena
Morto no trânsito, Luciano Nunes uniu duas paixões na vida: motos e a Polícia Militar
Cuidado: MS está em alerta para tempestade com granizo e alagamentos
Cidades
Cuidado: MS está em alerta para tempestade com granizo e alagamentos