(67) 99826-0686
PMCG - SLOGAN 17/06 A 30/06

Judoca brasileiro Rafael Silva fica com a prata no Grand Slam de Tóquio

Judô

1 DEZ 2013
Folha de São Paulo
18h15min
O brasileiro Rafael Silva (dir.) durante luta contra o sul-coreano Kim Sung-Min Foto:Toshifume Kitamura

O judoca brasileiro Rafael Silva ficou com a medalha de prata da categoria peso pesado (acima de 100 kg) no último dia do Grand Slam de Tóquio, no Japão, neste domingo (01).

Com o resultado, Silva conquistou para o Brasil o quarto pódio na última competição da temporada de judô em 2013. Os meio-leves Erika Miranda e Charles Chibana já haviam levado a prata, e Sarah Menezes, o bronze.

Apesar de ter perdido o ouro da categoria para o sul-coreano Sung-Min Kim, Silva avaliou a temporada como positiva.

"Conquistei três pratas em três campeonatos muito importantes: o Mundial, o Grand Slam de Tóquio e o Masters, que reúne os 16 melhores do mundo por peso. Vou treinar ainda mais para, ano que vem, transformar isso em ouro", disse. No ano passado, Silva ficou com o bronze nos Jogos Olímpicos de Londres.

Em sua campanha no Grand Slam de Tóquio, o judoca venceu dois japoneses --Hisayoshi Harasawa nas quartas de final e Masaru Momose na semifinal. Já na primeira rodada o atleta do clube paulista Pinheiros havia vencido o ucraniano Stanislav Bondarenko.

BOM DESEMPENHO

O desempenho dos atletas brasileiros na competição agradou o coordenador técnico da Confederação Brasileira de Judô, Ney Wilson.

"Trouxemos uma equipe mesclada com atletas jovens e outros mais experientes para dar vivência aos novatos e também para que todos pudessem buscar pontos no ranking mundial para começar bem 2014", disse. "De maneira geral, tivemos nosso melhor primeiro ano de ciclo olímpico, com conquistas importantes", acrescentou.

Wilson fará, na próxima semana, a convocação final para a Seletiva Olímpica Rio 2016, que será realizada no dia 14 de dezembro no clube Flamengo (RJ).

Veja também