Menu
segunda, 28 de setembro de 2020
Geral

Justiça decide que condomínios não podem proibir animais de estimação em casa

Se os pets não ameaçarem a segurança ou a tranquilidade dos vizinhos, prédios não podem proibir presença deles

14 maio 2019 - 18h29Por Extra

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu nesta terça-feira que os condomínios não podem proibir que seus moradores criem animais de estimação, se eles não colocam em risco a segurança e a tranquilidade dos condôminos.

A decisão unânime foi da Terceira Turma do STJ, que analisou recurso apresentado pela Defensoria Pública do Distroto Federal em favor de uma moradora de condomínio em Samambaia, cidade-satélite de Brasília.

A moradora, que é enfermeira e possui uma gata de estimação, entrou com ação na Justiça em 2016 para mantê-la. Teve o pedido negado em primeiro e segundo grau.

Para o relator, ministro Villas Bôas Cueva, a restrição é ilegítima, visto que o condomínio "não demonstrou nenhum fato concreto apto a comprovar que o animal (gato) provoque prejuízos à segurança, à higiene, à saúde e ao sossego dos demais moradores".

Leia Também

Prefeito de Rio Verde vai processar bolsonaristas que participaram de confusão com arma
Polícia
Prefeito de Rio Verde vai processar bolsonaristas que participaram de confusão com arma
Rastrear MS é lançado e quer quebrar cadeia de transmissão da covid-19
Cidades
Rastrear MS é lançado e quer quebrar cadeia de transmissão da covid-19
Jovem encontra corpo do irmão enterrado no quintal do vizinho
Geral
Jovem encontra corpo do irmão enterrado no quintal do vizinho
Glória Maria lamenta excesso de militância: 'qualquer coisa é racismo, assédio, tá um saco'
Geral
Glória Maria lamenta excesso de militância: 'qualquer coisa é racismo, assédio, tá um saco'