TJMS JANEIRO
Menu
domingo, 23 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Geral

Leis sobre animais precisam ser atualizadas, defende advogada

20 setembro 2015 - 15h42Por Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil

A natureza jurídica dos animais e a necessidade de atualização de leis sobre eles foram tema de painel do I Fórum de Defesa dos Direitos dos Animais, realizado pela OAB Nacional.

Segundo a palestrante Ana Karina Correia, presidente da Comissão de Direitos Animais da OAB-CE, há em tramitação Projeto de Lei que altera o Código Civil para criar uma categoria específica para os animais, um regime de sujeito despersonificado.

Os animais passariam a ser contemplados com status jurídico sui generis, no qual terão direitos, mas sem contrair obrigações.

“O projeto trata com primazia de dois princípios essenciais do direito, a proporcionalidade e a razoabilidade. Os animais poderiam ser considerados sujeitos de direito, mas não pessoas. A insegurança jurídica hoje é notória, o direito está ultrapassado nessa esfera”, afirmou Ana Karina.

A advogada também esclareceu que a OAB está acompanhando de perto o debate, com todas as Seccionais do país engajadas no debate.

Para ela, a Ordem tem de estar a par da realidade social, ou seja, não pode fechar os olhos a um assunto tão presente.

“Esta demanda não é só dos animais, mas sobretudo social. Não podemos fechar os olhos a isso. Fatos são fontes materiais do direito, e o direito acompanha a sociedade. Nós, como advogados, somos aplicadores do direito”, disse.