(67) 99826-0686
Camara - marco

Macacos recebem primeira dose da vacina contra o vírus da Aids

HIV

6 NOV 2013
da redação
13h10min
Foto: Raquel Cunha/Folhapress

Cientistas da Faculdade de Medicina da USP aplicaram em quatro macacos do Instituto Butantan a primeira dose da vacina anti-HIV desenvolvida por dois centros de pesquisa.

Na fase inicial da pesquisa, os animais receberão três doses da vacina de DNA, uma a cada 15 dias. O material contém informação genética que deve fazer o organismo dos macacos produzir fragmentos do vírus. Espera-se que esses pedaços do HIV sejam capazes de preparar o sistema imune dos hospedeiros para combater infecções.

Na segunda fase do teste, prevista para março, os animais receberão um vírus de gripe modificado com pedaços do HIV, que tem a intenção de dar um impulso final na imunização.

Depois dessa etapa, se tudo der certo, um segundo teste será feito com outros 28 macacos, num regime diferente de aplicação da vacina. Para saber se seu organismo produz as células e moléculas necessárias à imunização, pesquisadores vão retirar amostras de sangue dos macacos. No laboratório, o material será exposto a fragmentos do vírus que devem ativar seu sistema imune contra o parasita.

A principal vantagem de fazer testes em primatas é que o sistema imunológico deles é parecido com o nosso. A ideia é fazer diversos testes, para selecionar qual é o mais capaz de induzir a resposta imunológica mais forte, para então testá-la em humanos.

Resultados preliminares sobre o potencial de proteção do imunizante saem em abril.

Fonte: Folha Press

Veja também