Tribunal de Contas
(67) 99826-0686
Camara - marco

Massa ignora pedido para ajudar Alonso: 'Tentei fazer minha corrida'

Fórmula 1

13 OUT 2013
Globo Esporte
11h01min
Felipe Massa e Fernando Alonso durante o GP do Japão Foto: Agência AP

Apesar de largar na frente de Fernando Alonso, Felipe Massa terminou o GP do Japão em décimo, atrás do espanhol, o quarto. E mesmo que o companheiro ainda tenha chances de título, o brasileiro cumpriu a promessa dada em entrevista à TV Globo de correr por si mesmo, e ignorou ordens da Ferrari para facilitar a vida do bicampeão, que precisou superá-lo “no braço” . À frente de Alonso no começo da prova, Massa ouviu da equipe a mensagem: “hora de mudar a estratégia A”. Em entrevista ao site “Total Race” ele confirmou que recebeu o pedido pelo rádio, mas preferiu fazer a própria corrida:

- Estava tendo ordem, sim – confirmou.

Perguntado se obedeceu, explicou:

- Tentei fazer minha corrida. Como eu disse, não vi que seria a ocasião certa de fazer isso agora. Alonso me passou na pista e acho que isto é mais certo de acontecer numa corrida.

Fernando Alonso e o chefe da Ferrari, Stefano Domenicali, trataram de minimizar o episódio:

- Não tem problema. Não podemos fazer isso ficar maior do que é. Estávamos correndo, e seja lá o que fizéssemos hoje, chegaríamos mais ou menos nas mesmas posições, porque não poderíamos conseguir nada mais – disse o espanhol.

- Não fiquei desapontado com Felipe. De forma nenhuma, honestamente. Não devemos criar nada sobre este fato, pois tem outras coisas para nos preocuparmos a essa altura. Temos um carro para melhorar e temos uma briga forte com a Mercedes pelo segundo lugar no mundial de construtores – completou o dirigente.

Mesmo atrás do espanhol, Massa poderia ter conseguido um melhor resultado em Suzuka, não fosse a punição de um drive-through (passagem direta pelo pit lane) por ter excedido o limite de velocidade nos boxes em sua primeira troca de pneus. Em declaração ao site oficial da Ferrari, o brasileiro lamentou o incidente:

- O drive-through nos tirou qualquer chance de conseguir uma boa corrida e trazer mais pontos para casa. Quando cheguei no pit lane, não percebi que estava indo tão rápido. É a primeira vez que isso acontece comigo e é uma pena, porque na primeira parte da corrida eu estava com um bom ritmo. Por causa da penalidade, peguei tráfego e os carros que fizeram um terceiro pit stop no fim me passaram facilmente por causa dos pneus novos. Estou desapontado, porque tenho certeza que, sem esse erro, teria um bom resultado – analisou o brasileiro.

Seu próximo desafio é o GP da Índia, daqui a duas semanas. A corrida no Circuito Internacional de Buddh está marcada para as 7h30 (horário de Brasília) com transmissão ao vivo da TV Globo.

Veja também