TJMS AGOSTO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
segunda, 08 de agosto de 2022 Campo Grande/MS
Expo VIP Beleza II
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
Geral

Menina morta ao sair de padaria foi vítima de asfixia, diz laudo

O velório acontece hoje

03 agosto 2022 - 13h10Por Dany Nascimento

Um laudo inicial do IML (Instituto Médico Legal) de Belo Horizonte aponta asfixia por compressão cervical como a causa da morte da menina de 10 anos, que desapareceu após ir a uma padaria na cidade.

Segundo o site R7, o corpo de Bárbara Vitória foi liberado na tarde de ontem (2). 

O velório acontece hoje (3) e o sepultamento aconteceu às 15h do mesmo dia, no Cemitério da Paz, no bairro Alto Caiçaras, na região noroeste de Belo Horizonte.

A vítima estava com um pano na boca e as mãos amarradas quando foi localizada, já sem vida, em uma mata atrás de um campo de futebol do bairro Pedra Branca, em Justinópolis, distrito de Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte. O local fica a aproximadamente 500 metros da casa da família.

O corpo tinha sinais de estrangulamento. Bárbara ainda vestia uma camisa do Atlético-MG com a qual saiu de casa, mas estava sem o short e as roupas íntimas.

A Polícia Civil ainda não passou detalhes das investigações. Um homem chegou a ser detido como suspeito, mas foi liberado.
Homenagem e protesto

No final da tarde desta terça-feira, amigos, familiares e moradores da região se reuniram no campo em que o corpo de Bárbara foi encontrado para prestar homenagens à vítima com balões brancos.

Representantes das vans escolares de Ribeirão das Neves também foram ao campinho para fazer uma carreata pedindo justiça pela garota.