TCE Julho  17 a 19/07 e 22 a 25/07
(67) 99826-0686
PMCG - REFIS 01 a 30/07/2019

Michelle e Jair Bolsonaro relembram quando se conheceram: 'queríamos dividir uma vida'

Casamento foi realizado em 2013; declarações estão no perfil oficial do instagram da primeira-dama

16 JUN 2019
Extra
12h45min
Foto: Reprodução Instagram

Michelle e Jair Bolsonaro subiram ao altar em março de 2013 quando ele ainda era deputado federal pelo PP. A cerimônia, realizada no dia do aniversário do presidente, foi celebrada pelo Pastor Silas Malafaia na casa de festas Mansão Rosa, no Alto da Boa Vista, na Zona Norte do Rio. Na ocasião, o enlace não gerou tanta curiosidade do público como a recente união entre Eduardo Bolsonaro e a psicóloga Heloísa Wolf.

Porém, só após Michelle Bolsonaro tornar público seu perfil no Instagram, os seguidores puderam ver a declaração de amor trocada entre a primeira-dama e Jair Bolsonaro durante o casamento. O casal relembrou quando se conheceram e Michelle dedicou uma música ao amado.

"Tudo começou quando nos vimos pela primeira vez no gabinete do Jair. Não demorou muito para termos certeza que queríamos dividir uma vida a dois. Após seis meses de namoro aconteceu o pedido de noivado e três meses depois nos casamos no civil. Esperamos o momento certo para receber a benção de Deus e escolhemos propositalmente a data da celebração no religioso, dia 21 de março, data de aniversário do Jair e no dia 22 seria o meu. Um amor que foi conquistado aos poucos, mas hoje posso dizer, sem dúvidas, que ele é meu grande amor! Nossa história se resume na letra desta canção...", escreveu Michelle Bolsonaro ao marido quando foi capa da revista Festejar Noivas RJ.

A primeira-dama dedicou ao marido à letra da música "Grande amor", sucesso na voz do cantor gospel Kim, vocalista da banda Catedral.

Já Jair Bolsonaro disse que sua filha caçula Laura, então com 2 anos, foi a materialização da união do casal.

"A Michelle estava a 10 metros de mim e não enxergava, pois vivia um momento onde tudo parecia não dar certo. Resolvi então novamente buscar a felicidade e me aproximei dela. Deste relacionamento brotou um sentimento que me fez voltar aos tempos de cadete da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), em Resende. Tudo passou a ser diferente, a esperança e a alegria de viver brotaram de tal forma que até hoje ainda me pergunto se tudo isso é verdade. Da nossa união nasceu aquilo que materializa uma família, onde o respeito e o amor nos deram nossa filha Laura", escreveu o então deputado à publicação.

Veja também