Menu
quinta, 29 de outubro de 2020
Geral

MP investiga empresas fantasmas em Paranaíba

Operação Ghostbuster

03 dezembro 2013 - 13h57Por Juliene Katayama

O Ministério Públido de Mato Grosso do Sul deflagrou a Operação Ghostbuster (em inglês significa caça fantasmas), em Paranaíba para apurar empresas fantasmas que vêm usando o Município. O mandados de busca e apreensão foram cumpridos na sexta-feira (29).  

Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (02) pela 2ª Promotoria de Justiça de Paranaíba. A ação, que começou nas primeiras horas daquele dia, contou com a participação do Ministério Público Federal, da Polícia Federal Rodoviária, da Polícia Militar e Polícia Cível da Comarca de Paranaíba.

Durante a operação, foram recolhidos documentação relacionada às empresas, bem como a constatação in loco da real situação das investigadas e, ainda, a oitiva de pessoas interessadas.

De acordo com a Promotoria de Justiça de Paranaíba, após análise de diversos documentos, constatou-se que há fortes indícios de empresas que emitem notas fiscais apontando como suas respectivas sedes o município de Paranaíba, muito embora jamais tivessem realizado qualquer atividade naquela cidade.

Ainda, de acordo com a Promotoria de Justiça, apurou que dentre as empresas investigadas, há uma que venceu várias licitações em outros Estados sem, no entanto, realizar qualquer tipo de atividade no Município e mesmo assim fornecia os equipamentos.

Leia Também

'Olha ele, olha ele': Ricardo Salles chama Rodrigo Maia de 'Nhonho'
Geral
'Olha ele, olha ele': Ricardo Salles chama Rodrigo Maia de 'Nhonho'
Vídeo: Pedro Kemp surta, xinga e agride candidata à vereadora pelo PT
Cidade Morena
Vídeo: Pedro Kemp surta, xinga e agride candidata à vereadora pelo PT
Candidatos destacam servidores públicos, transporte e saúde em horário eleitoral da noite
Cidade Morena
Candidatos destacam servidores públicos, transporte e saúde em horário eleitoral da noite
Réu por matar e sumir com corpo de Grazi vai à Júri popular em Campo Grande
Cidade Morena
Réu por matar e sumir com corpo de Grazi vai à Júri popular em Campo Grande