Menu
Busca quinta, 04 de junho de 2020
Gov - Compre de Casa
Geral

ORGULHO: moradores destacam belezas naturais nos 42 anos de MS

Sul-mato-grossenses elogiam Estado e falam de sonhos por um futuro melhor

11 outubro 2019 - 08h41Por Rayani Santa Cruz

Mato Grosso do Sul, apesar de ser um estado jovem, é pujante e em pleno crescimento. Em entrevistas consultando sobre a importância do Estado na vida das pessoas, a maioria comenta que é um lugar bom para viver, principalmente pelas riquezas naturais.

O estado completa 42 anos, hoje, dia 11 de outubro. Criado em 1977, após decisão do terceiro presidente do período militar, Ernesto Geisel, houve o início da divisão do Estado do Mato Grosso. Em 1979, a divisão foi concretizada com a instalação do Governo do novo Estado.

Desenvolvimento

Para a jornalista Luana Silva, 33 anos, é um orgulho ser sul-mato-grossense. “Acredito que podemos comemorar um Estado que cresce e desenvolve a cada dia. Um Estado formado por brasileiros de todas as regiões do país, pioneiros que acreditaram na pujança de MS”, diz.

A três-lagoense Angela Dias, 55 anos, que viu a cidade mudar diante da industrialização, diz que MS é exemplo de desenvolvimento. Mas ressalva que é preciso continuar. “A gente está crescendo, mas não pode parar não. Aqui mesmo na cidade tinha tanto emprego, mas com a crise a gente percebe que estagnou”.

Estado turístico

A dona de casa Sandra de Abreu, 49 anos, afirma que a região é rica e bela por natureza. “Temos que olhar essa parte do meio ambiente. Aqui tem tanto lugar bonito, às vezes nem o próprio morador sabe”.

Silvana Sebastião, 41 anos, concorda e diz que existem muitos pontos turísticos. Além de ser o local em que formou uma família. 

“É importante pra mim, pois foi aqui que cresci, casei e tive meus filhos. Posso dizer que o nosso MS é lindo e maravilhoso, com muitos pontos turísticos como o Pantanal e Bonito”.

(MS é banhado por cachoeiras Foto: Arquivo Top Mídia News)

Falta lembrar o nome

A estudante Eloise Ramos, 20 anos, pontuou que existem pontos positivos, mas que ainda falta o resto do país lembrar o nome.

“Só vou ter motivo para comemorar quando o resto do Brasil aprender separar e dizer Mato Grosso do Sul e não Mato Grosso”, destacou.

Leia Também

RECORDE DO DESESPERO: Brasil registra 32,5 mil mortos pela covid-19
Geral
RECORDE DO DESESPERO: Brasil registra 32,5 mil mortos pela covid-19
GOSTOU? Trump não tem efeitos colaterais por tomar hidroxicloroquina
Geral
GOSTOU? Trump não tem efeitos colaterais por tomar hidroxicloroquina
FILIADO AO DEM: Pedrossian Neto nega saída de secretaria para ser vice de Marquinhos
Política
FILIADO AO DEM: Pedrossian Neto nega saída de secretaria para ser vice de Marquinhos
PM transfere tenente que matou professora no trânsito do interior para Campo Grande
Cidade Morena
PM transfere tenente que matou professora no trânsito do interior para Campo Grande