tce agosto
Menu
quinta, 13 de agosto de 2020
Geral

Com números positivos, balanço da polícia mostra redução de crimes em MS

Os dados de 2019 indicam redução de diversos crimes no Estado

14 janeiro 2020 - 12h30Por Rayani Santa Cruz e Willian Leite

O secretário da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), Antônio Carlos Videira, divulgou o balanço das ações de segurança pública de 2019, na manhã desta terça-feira (14). Houve redução da criminalidade em Mato Grosso do Sul e um percentual extremamente positivo em elucidação de crimes.

Conforme o balanço, em 2019 houve redução de homicídios dolosos em 12,03%, ou seja, 51 pessoas a menos que em 2018. Foram contabilizados 14,4% homicídios para cada 100 mil habitantes.

O crime de latrocínio teve queda de 44,6%, enquanto que o feminicídio reduziu 4,2%, com uma morte a menos registrada. Em 2018, foram 32 mulheres assassinadas e o ano passado 31.

Devido às ações de repressão e prevenção, o número de assaltos foi diminuído em 19,7%. Em 2018, foram 9.256 casos, enquanto que em 2019 foram registrados 750 casos. O crime de roubo de veículos teve redução de 31%, enquanto roubos às residências 19% e furtos 8,3%.

Roubos em via pública tiveram 58,9% de redução, sendo que 2018 foram registrados 7.289 e 2019 apenas 3.032 ocorrências.

Segundo a Sejusp, para chegar a esse saldo, deve-se levar em consideração ações da PM e enfrentamento às dependências químicas.

O secretário destacou que, na Capital, os crimes de roubos seguidos de morte (latrocínio) tiveram 67% de redução e 100% dos casos esclarecidos pela Policia Civil.

PM

Segundo o comandante da PM, coronel Waldir Acosta, o trabalho das equipes merece destaque. “Ressaltamos o trabalho conjunto das instituições e ao governo do estado pela estrutura oferecida”.

Em 2019, foram um milhão de abordagens pela PM, 30 mil pessoas conduzidas, 29 mil operações e 10 mil pacotes de cigarros apreendidos.

Polícia Civil

Delegado Geral da Polícia Civil, Marcelo Vargas, disse que o grande desafio para 2020 é tornar os números mais positivos. Ele afirma que nos últimos quatro anos houve uma diminuição de 152 mortes por ano em Campo Grande. Em 2015, houveram 571 homicídios.

Em 2019, foram registradas 288 mil ocorrências, 60% dos homicídios esclarecidos, 100% dos feminicidios esclarecidos, e 80% dos latrocínios esclarecidos. 

A ONU (Organização das Nações Unidas) estipula como aceitável que haja 10 homicídios para cada 100 mil habitantes e Campo Grande registra 8,6% de homicídios, então a cidade está dentro do quadro. Conforme os dados repassados, 17 cidades do estado não registraram homicídios em 2019 e 14 municípios estão abaixo do estipulado pela ONU. 

Leia Também

Primo diz que mulher de Bolsonaro ficou de braços cruzados vendo avó morrer
Geral
Primo diz que mulher de Bolsonaro ficou de braços cruzados vendo avó morrer
Todo cuidado é pouco: homem tem cartão clonado e encontra compra de R$ 3.600
Polícia
Todo cuidado é pouco: homem tem cartão clonado e encontra compra de R$ 3.600
Ex-namorado ciumento invade casa e esfaqueia mulher em Costa Rica
Interior
Ex-namorado ciumento invade casa e esfaqueia mulher em Costa Rica
Vacina que previne doenças pulmonares é oferecida em MS
Cidades
Vacina que previne doenças pulmonares é oferecida em MS