Menu
Busca sexta, 10 de julho de 2020
REFIS SAUDE
Geral

MS sai do topo de pior isolamento do País e Governo pede para população continuar em casa

Situação melhorou inclusive em Campo Grande, conforme levantamento

11 abril 2020 - 15h23Por Willian Leite

Orientação sistemática do Governo do Estado para população ficar em casa e feriado santo podem ter contribuído para uma melhora significativa nos índices de distanciamento social em Mato Grosso do Sul. Com taxa média de 54,9%, o estado saiu do topo de pior isolamento social, passando à frente dos estados de Alagoas (52,6%), Roraima (52,6%), Tocantins (54,1%) e Rondônia (54,6%).

Segundo o Portal MS, apesar da flexibilização das medidas com a reabertura do comércio em algumas cidades, os gestores municipais têm atuado em parceria com o Estado no enfrentamento ao novo coronavírus. O reflexo pode ser sentido na crescente melhora dos índices de isolamento social em algumas cidades do Estado.

A Capital que chegou a registrar 37,8% na quinta-feira (9.4), apresentou ontem índice de 53,8%, sendo o segundo melhor resultado das duas últimas semanas. Segunda maior cidade do Estado, Dourados também registrou nesta sexta, taxa média de 56,9%, depois de três dias seguidos de isolamento abaixo dos 40%.

Entre os cinco melhores índices de sexta-feira estão os municípios de: Jaraguari (78,5%), Paranhos (75,8%), Aral Moreira (74,2%), Novo Horizonte do Sul (70,9%), e Douradina (66,5%). Já as cidades de Costa Rica (48,8%), Nova Alvorada do Sul (49%), Rio Verde de Mato Grosso (50,4%), Coronel Sapucaia (50,5%), e Três Lagoas (52,2%), ocupam posição inversa no ranking.

Apesar da melhora na taxa média geral de isolamento social de Mato Grosso do Sul no comparativo com dias anteriores, a preocupação das autoridades é com o aumento de confirmados. Neste sábado (11.4) o Estado completou 100 exames positivos para o coronavírus, e mais uma vez o isolamento foi citado como estratégia principal para reduzir o contágio pela Covid-19.

“Estamos com aumento no número de casos, numa curva ascendente o que é bem preocupante. Nesses próximos 15 dias o distanciamento será fundamental para que essa curva não se multiplique 10 vezes mais e esgote o sistema de saúde. Daí a importância do isolamento social em todas as cidades de MS”, destacou a secretária-adjunta da Secretaria de Estado de Saúde (SES) Dra. Cristine Maymone.

A melhora nos índices de isolamento social precisa ser constante para que os resultados apareçam, ponderou o titular da SES, Geraldo Rezende. “O reflexo do isolamento de hoje poderá vir daqui a 14 ou 21 dias”, alertou.

Leia Também

Mulher morre em batida de caminhão e carro na BR-163
Interior
Mulher morre em batida de caminhão e carro na BR-163
Homem de 77 anos com suspeita de covid morre em São Gabriel D’Oeste
Cidades
Homem de 77 anos com suspeita de covid morre em São Gabriel D’Oeste
Grupo de pagode Buxixo faz live solidária com grandes sucessos dos anos 90
Cidade Morena
Grupo de pagode Buxixo faz live solidária com grandes sucessos dos anos 90
18 meses após tragédia, Bombeiros encontram mais um corpo em Brumadinho
Geral
18 meses após tragédia, Bombeiros encontram mais um corpo em Brumadinho