Menu
domingo, 17 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
Geral

Mulher que furtou 'miojo' em mercado desabafa ao ser solta: 'só pensei em comer'

Ela está desempregada e passou 14 dias na prisão, em SP

13 outubro 2021 - 19h17Por Thiago de Souza

A desempregada, Rosângela Melo, foi solta, nesta quarta-feira (13),  após 14 dias na prisão, por furtar macarrão instantâneo, de um supermercado, em São Paulo. Ao deixar a cadeia, disse que ‘’só pensou em comer’’ quando cometeu o crime. 

Segundo o R7, melo é mãe de cinco filhos e falou ao programa ‘’Cidade Alerta’’, da RecordTV. 

"Quando eu roubei, não pensei muito. Estava com muita fome. Só pensei em comer", afirmou a mulher emocionada. Ela garantiu que pegou o macarrão para dar aos cinco filhos, todos menores de idade, e o refrigerante e o leite condensado eram para consumo dela. 

O caso de Rosângela ganhou repercussão em razão de seguidas decisões judiciais de São Paulo, que a mantiveram presa. Uma das interpretações veio do Tribunal de Justiça, onde o magistrado apontou que ela seria reincidente por furto de fiação elétrica. 

Pobreza

Rosângela contou que tem formação de auxiliar de enfermagem, mas que fico desempregada. Ela passou a fazer bicos de catadora de reciclável e faxina, mas lamenta o fato de ‘’um dia conseguir dinheiro, outro não’’. 

A mãe de família garante que não tem o costume de furtar, inclusive pelo fato do furto ter sido explícito. 

‘’Acho que deu muito na cara", afirmou Rosângela. Ela disse estar arrependida do furto e reconhece que deveria ter pedido ajuda em vez de cometer um crime. 

Ajuda

Ainda na saída da cadeia, Melo agradeceu o apoio de muitas pessoas, além do advogado que a defendeu. Inicialmente, foi a Defensoria Pública de SP que a atendeu, inclusive foi quem apelou ao Superior Tribunal de Justiça, que emitiu ordem de soltura.