Menu
quarta, 02 de dezembro de 2020
Geral

Em dez dias de operação Pré-Piracema, PMA aplicou R$101,5 mil em multas

Pesca

07 novembro 2013 - 07h15Por Schimene Weber

A Operação Pré-piracema, iniciada pela Polícia Militar Ambiental no último dia 25 de outubro, foi encerrada ontem (6), às 09h. No esquema montado pela PMA, 300 policiais estiveram envolvidos com o objetivo de prevenir a pesca predatória nas duas bacias de Mato Grosso do Sul, a bacia do Rio Paraguai e a do Rio Paraná.

Durante os dez dias de Pré-piracema, 21 pessoas foram autuadas por pesca. Destas, 17 foram presas por crime de pesca predatória e 5 foram autuadas por pescar sem licença, que não é crime, porém, infração administrativa. Foram apreendidos 351 kg de pescado e foi aplicado um total de R$101.558,00 em multas. De acordo com dados divulgados pela PMA, 23 petrechos ilegais também foram apreendidos.

Fiscalização anual - Todos os anos, durante o mês de outubro, a Polícia Militar Ambiental intensifica a fiscalização nos rios de Mato Grosso do Sul. Diversas irregularidades têm sido encontradas e, mesmo não sendo o principal objetivo da operação, muitas pessoas são presas pela pesca predatória. 

Leia Também

Doses da vacina Oxford chegam em janeiro no Brasil, diz ministro
CORONAVÍRUS
Doses da vacina Oxford chegam em janeiro no Brasil, diz ministro
Mulher é presa suspeita de matar namorado a facada em MS
Polícia
Mulher é presa suspeita de matar namorado a facada em MS
Mais de dez viaturas policiais são utilizadas na operação Omertà na Capital
Polícia
Mais de dez viaturas policiais são utilizadas na operação Omertà na Capital
Três vão parar na delegacia por furto de motocicleta em Campo Grande
Polícia
Três vão parar na delegacia por furto de motocicleta em Campo Grande