Menu
domingo, 28 de novembro de 2021 Campo Grande/MS
pmcg revia negocios
Geral

‘Orfã de filhos’ espera conseguir tutela das netas em 2 meses

06 maio 2016 - 12h41Por Mariana Anunciação

Maria Aparecida Amarilha Scardin, 50 anos, se intitulou como "órfã de filhos", porque além das filhas Akemy e Michelle Maruyama, de 27 e 29 anos serem assassinadas em dezembro de 2015 no Japão, Maria relembra que o irmão delas se suicidou há seis anos. Diante disso, ela reúne forças para continuar na luta por justiça e pela guarda das netas de 4 e 5 anos que estão vivendo em um abrigo no Japão, desde a morte das filhas naquele país.

A avó está mais otimista já que a Justiça de Mato Grosso do Sul concedeu a guarda das netas. “A Justiça foi muito rápida, achei que ia demorar uns seis meses. Mas deram prioridade ao meu caso e já foi mandado para o Ministério das Relações Exteriores para tomar parte e mandar a documentação para o governo Japonês deferir ao meu favor”, explicou.

Ela considera mínimo o risco de indeferirem o pedido visto que o autor dos homicídios, é o ex-marido da filha, o peruano Tony La Rosa, que está preso pelo roubo de um vídeo game e um computador que era da filha dela. “O Japão é um país tradicionalista, se o parente está preso, a família é considerada indigna. Não tem o porquê das crianças ficarem em abrigo ou serem adotadas pela família dele”, conta.

Apesar de não ter prazo definido para encontrar as netas, Maria Aparecida está confiante e diz que continua na luta para tentar agilizar os trâmites, buscando apoio de conhecidos e autoridades.  “Acho que, em no máximo dois meses estou embarcando para buscar minhas netas. Se Deus quiser”, comemora.

Crime


As irmãs Akemy e Michelle foram mortas na cidade japonesa de Handa, a 330 quilômetros de Tóquio. O apartamento onde elas foram encontradas foi incendiado com gasolina. O fogo só foi controlado quase 1h depois da chegada dos bombeiros. O principal suspeito é o ex-marido, considerado ciumento.

A mãe das jovens assassinadas acredita que conseguirá a guarda das netas, já que é responsável pela filha mais velha de Akemy, que tem 12 anos de idade. Ela é filha de outro casamento e veio morar com a avó porque estaria sendo agredida pelo padrasto na casa da mãe.