(67) 99826-0686

Papa Francisco diz não se ofender com as acusações de marxismo

Papa

15 DEZ 2013
Folha Press
18h45min

Em entrevista concedida ao jornal italiano "La Stampa", na semana passada, o papa Francisco disse não se ofender com acusações de marxismo, mas afirmou que a atribuição é equivocada.

O material foi publicado hoje, em Turin, véspera de o pontífice completar 77 anos de idade - seu aniversário é na próxima terça-feira.

"A acusação de marxismo não me ofende, porque, na vida, conheci muitos marxistas bons como pessoa. A ideologia marxista, porém, está equivocada", afirmou o papa.

A declaração vem em resposta aos ataques da extrema direita americana, que o acusa de ser marxista. Eles são contra as duras críticas que o pontífice faz em relação ao capitalismo selvagem.  

Veja também