SOLURB JULHO 4

quinta, 18 de julho de 2024

Busca

quinta, 18 de julho de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Geral

há 1 mês

Patrão atira em amante pelas costas, foge e é preso ao lado da esposa

Homem de 51 anos mantinha um caso com a funcionária, de 28 anos. Crime ocorreu nesta madrugada, após casal discutir dentro do carro do autor

Um homem de 51 anos foi preso em flagrante por tentativa de feminicídio, na madrugada desta segunda-feira (17/6), após atirar na amante pelas costas, de dentro do carro. O criminoso, que é patrão da vítima, foi preso pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) na casa dele, ao lado da esposa, em Ceilândia.

A ocorrência teve início quando a vítima, de 28 anos, deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ceilândia com um ferimento de arma de fogo nas costas. Aos agentes de patrulhamento da PMDF a mulher contou que o autor do disparo foi seu chefe, com quem mantinha um relacionamento extraconjugal.

Os dois estariam dentro do carro do autor, quando ele exigiu o celular da mulher. Contrariado pela vítima, o homem sacou uma arma de fogo e a ameaçou, dizendo que a mataria se ela não entregasse o aparelho.

Desesperada, a mulher saiu correndo e foi atingida por um disparo nas costas. Apesar dos ferimentos, ela conseguiu fugir e foi socorrida por pessoas que estavam na região.

A vítima ainda foi capaz de informar o veículo e o endereço do agressor. Ao se deslocarem para a residência, os policiais encontraram o carro na garagem com uma perfuração na janela da porta do passageiro, aparentemente causada por um disparo de arma de fogo.

O homem, acompanhado da esposa, se entregou às autoridades pouco tempo depois. Segundo a PMDF, ele confessou ter cometido o crime e confirmou que mantinha um caso com a funcionária, mas alegou que o disparo foi acidental e que não queria matá-la.

Questionado quanto a arma do crime, ele informou que adquiriu ilegalmente um revólver calibre .38, e que o descartou em algum ponto da BR-070.

O veículo e o autor foram conduzidos à 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia Centro) para as providências cabíveis, enquanto a vítima foi transferida para o Hospital Regional de Ceilândia. A arma do crime, no entanto, ainda não foi encontrada.

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
AMIGOS DA CIDADE MORENA ABRIL NOVEMBRO