Menu
Busca domingo, 05 de julho de 2020
MS DIGITAL - COMPET
Geral

PGR vai prorrogar inquérito contra Bolsonaro por 30 dias

Decisão final é do ministro Celso de Mello

01 junho 2020 - 15h52Por Thiago de Souza

A Procuradoria-Geral da República deve prorrogar o inquérito que apura acusações de interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal por mais 30 dias. O órgão atendeu pedido da Polícia Federal, inclusive para ouvir o presidente da República. 

Segundo o Estadão, o Procurador-Geral da República, Augusto Aras, deve se manifestar a favor da tomada de depoimento do presidente Bolsonaro, mas por escrito. 

A decisão final sobre a prorrogação do “inquérito Moro x Bolsonaro” será do relator do caso, ministro Celso de Mello. Na última sexta-feira, o decano pediu que a PGR se manifestasse sobre o pedido da Polícia Federal, o que ainda não ocorreu. O ministro se aposenta em novembro deste ano, quando completa 75 anos, abrindo a primeira indicação que Bolsonaro poderá fazer para o tribunal.

Segundo o Metrópoles, o depoimento por escrito é uma das prerrogativas do cargo de presidente da República, apontam procuradores. O então presidente Michel Temer, por exemplo, encaminhou ao Supremo um papel com resposta aos questionamentos feitos pelos investigadores no âmbito do inquérito dos Portos. Temer acabou denunciado no caso por corrupção e lavagem de dinheiro.

 

 

Leia Também

Após Pioneiros, é a vez da Filinto Müller ser recapeada em Campo Grande
Cidade Morena
Após Pioneiros, é a vez da Filinto Müller ser recapeada em Campo Grande
COVID-19: Brasil tem mais 37 mil casos e registra 1.091 novas mortes
Saúde
COVID-19: Brasil tem mais 37 mil casos e registra 1.091 novas mortes
Prefeitura confirma 3ª morte por Covid em Paranaíba
Saúde
Prefeitura confirma 3ª morte por Covid em Paranaíba
Deputado detona ação contra cloroquina: 'querem matar autorizado pelo Supremo'
Política
Deputado detona ação contra cloroquina: 'querem matar autorizado pelo Supremo'