(67) 99826-0686

Polícia prende 12 torcedores envolvidos em briga em SC

Confusão

19 DEZ 2013
Redação
10h47min
Foto: Geraldo Bubniak

Uma operação conjunta das polícias do Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraná deu início - na madrugada desta quinta-feira (19) -, à busca para prender outros torcedores do Atlético-PR e do Vasco envolvidos na briga em Joinville na última rodada do Brasileirão. As autoridades já detiveram 12 torcedores desde que a operação "Cartão Vermelho" foi deflagrada. Os brigões foram identificados através de imagens da TV feitas durante o confronto.

A polícia começou a busca pelos torcedores a partir das 5h desta quinta-feira, nas cidades catarinenses de Joinville e Blumenau, além de Curitiba e do Rio de Janeiro.

A operação "Cartão Vermelho" está em andamento e já prendeu nove torcedores no Paraná. Um homem foi detido no Rio de Janeiro e outros dois em Santa Catarina. Na sede da torcida Os Fanáticos, um computador foi apreendido.

A briga entre Atlético-PR e Vasco manchou a última rodada do Brasileirão. Leone Mendes da Silva, 23 anos, Jonathan Santos, 29 anos, e Arthur Barcelos de Lima Ferreira, 26, foram presos logo após o episódio, ainda em Joinville. Os torcedores vascaínos estavam escondidos dentro de um dos ônibus oriundos do Rio de Janeiro e foram detidos pela Polícia Militar.

Nesta quarta-feira, a Justiça negou o pedido de liberdade provisória ao trio, que responde por tentativa de homicídio e está detido na Penitenciária Agrícola da cidade catarinense após transferência do Presídio Regional.

Os vascaínos foram flagrados espancando os rivais. Durante o confronto, quatro torcedores estiveram hospitalizados, mas já foram liberados e passam bem. Os brigões respondem por tentativa de homicídio, crime contra o patrimônio público e por ferir o artigo 41B do Estatuto do Torcedor (incitar violência no estádio). 

Veja também