Menu
terça, 18 de maio de 2021
MS CRESCE PELA VIDA 14 a 18/05/2021
Anestesista de férias

Por falta de anestesia, bebê morre na barriga da mãe na fronteira de MS

Pai viajou 80 km de barco para tentar salvar mulher e filho

19 abril 2021 - 18h17Por Thiago de Souza

Bebê morreu no útero da mãe e a causa teria sido falta de anestesia, na região de Fuerte Olimpo, região de fronteira entre o Brasil e Paraguai. O anestesista da unidade estava de férias. 

O caso ocorreu neste domingo (18). O pai da criança, Martin Melgarejo, relatou ao ABC Color, que a esposa entrou em trabalho de parto e foi levada ao hospital local. 

No entanto, a unidade de saúde não dispunha de anestesia para iniciar qualquer procedimento mais complexo. Como o bebê estava com o cordão umbilical amarrado ao pescoço, mãe e o feto tiveram de procurar ajuda em um hospital brasileiro. 

‘’A partir daí começou outra provação para nós’’, relembrou Melgarejo, em relação ao risco de de morte que a esposa corria. 

A família viajou 80 quilômetros de barco até a cidade de Porto Murtinho, onde ela conseguiu internação.